Istela Nunes começa bem, mas é derrotada por Sam Hughes e segue sem vencer no UFC

Após um bom primeiro round, a brasileira não conseguiu manter o ritmo e acabou superada pela norte-americana

S. Hughes superou I. Nunes no UFC Las Vegas 51 (Foto: Instagram/UFC)

Primeira brasileira a entrar em ação no UFC Las Vegas 51, Istela Nunes acabou derrotada por Sam Hughes na decisão majoritária dos juízes (29-27, 29-27, 28-28) em duelo válido pela divisão peso palha (até 52,1 kg). A brasileira fez um bom primeiro round, mas não manteve o ritmo ao longo da luta e, de quebra, perdeu um ponto por conta de repetidas dedadas acidentais no olho da norte-americana.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Istela Nunes segue sem vencer no octógono do Ultimate. A brasileira havia sido derrotada pela compatriota Ariane Sorriso em sua estreia na organização, em outubro de 2021.

Do outro lado, Sam Hughes respira aliviada. A norte-americana vinha de três derrotas consecutivas e conquistou sua primeira vitória no UFC.

PUBLICIDADE:

A LUTA

Mais alta que Sam Hughes, Istela Nunes começou fazendo bom uso de seu tamanho e apostando em chutes altos e golpes na distância. Ainda no primeiro minuto da luta, a brasileira conectou boa combinação de socos e abriu um corte no rosto da norte-americana. Com a perna bastante solta, a brasileira variava chutes altos e na linha de cintura de Sam Hughes. Cada investida da norte-americana era respondida com boas combinações por parte de Istela. Após uma rápida interrupção por conta de uma dedada no olho acidental por parte da brasileira, Sam Hughes voltou mais ligada. A norte-americana conectou um bom jab de encontro e dois bons cruzados na reta final do assalto.

No início do segundo assalto, Sam Hughes tentou atacar em queda, mas não teve sucesso. Em mais uma tentativa de encurtar a distância por parte da norte-americana, Istela Nunes conectou uma boa cotovelada no rosto da norte-americana. Nos últimos 15 segundos, Sam Hughes conseguiu derrubar Istela Nunes, prendeu o braço da brasileira com o joelho e martelou até o soar do gongo.

O primeiro bom golpe do terceiro round partiu da brasileira, com uma boa joelhada na linha de cintura. Mais confiante do que nos rounds anteriores, Sam Hughes conectou bons jabs. A luta foi interrompida novamente por mais uma dedada no olho por parte de Istela Nunes, que acabou tendo um ponto descontado pelo árbitro. Após o recomeço da luta, Sam Hughes conseguiu encurtar e colocar a brasileira contra a grade. A norte-americana conseguiu a queda e caiu montada sobre a brasileira, que rapidamente repôs meia guarda. Mesmo sem muita contundência, Hughes neutralizou a brasileira e conectou golpes curtos até o final da luta.

PUBLICIDADE:

Heili Alateng não toma conhecimento de Kevin Croom e ‘atropela’ em menos de um minuto

H. Alateng nocauteou K. Croom no UFC Vegas 51 (Foto: Instagram/UFC)

O início do UFC Las Vegas 51 foi animador. Na primeira luta do card, válida pela divisão dos galos (até 61,2 kg), Heili Alateng não tomou conhecimento de Kevin Croom e nocauteou o adversário em apenas 47 segundos. Mesmo menor que o oponente, o atleta da Mongólia não se intimidou, foi para cima, conectou duros golpes e conseguiu a vitória relâmpago.

PUBLICIDADE:

Heili Alateng volta a vencer após mais de dois anos. O atleta de 30 anos vinha de um empate e uma derrota em suas últimas lutas e tem agora três triunfos no UFC.

Do outro lado, Kevin Croom se vê em situação delicada no Ultimate, já que ainda não venceu na organização. A derrota para Heili Alateng foi a terceira consecutiva do norte-americano.

Confira as estatísticas dos duelos do UFC Las Vegas 51:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276