Dana White nega retorno de Henry Cejudo e desaprova provocações do ‘Triplo C’ a outros lutadores

'Chefão' da organização desvaloriza recentes desafios e reafirma status de 'aposentado' do norte-americano

H. Cejudo (dir.) agradece a D. White (esq.) após anunciar aposentadoria, ainda no octógono. Foto: Reprodução/Twitter @HenryCejudo

Presidente do UFC, Dana White costuma ser duro com seus atletas, principalmente se eles abdicarem de situações confortáveis na organização. A prova disso é sua relação com Henry Cejudo, que decidiu se aposentar depois de defender o cinturão dos galos (até 61,2kg.) contra Dominick Cruz em maio de 2020.

PUBLICIDADE:

Veja Também

O ‘Triplo C’ prepara sua volta às artes marciais mistas e, por isso, prepara seu ‘terreno’ com desafios a nomes importantes do Ultimate, como o campeão dos penas (até 65,7kg.) Alexander Volkanovski e o ex-detentor do cinturão dos penas e leves (até 70,3kg.), Conor McGregor. Porém, em entrevista ao ‘TMZ Sports’, Dana tratou de negar o retorno de Cejudo ao esporte e ainda mostrou insatisfação com as recentes provocações do ex-lutador a atletas de sua franquia.

“Não. Cejudo se aposentou. Cejudo sabe o que precisa fazer para voltar e conseguir o que quer que seja. Falar m**** no Instagram não te dá brigas”, disse White.

PUBLICIDADE:

Considerado um dos maiores lutadores dos últimos anos do Ultimate, Cejudo se aposentou com apenas 33 anos. Henry pendurou as luvas com um cartel de 16 triunfos e dois reveses no MMA profissional e, agora, afia o jogo de atletas como Deiveson Figueiredo, Jon Jones e Jiri Prochazka na ‘Fight Ready’.

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano