AO VIVO

Acompanhe a PFL 5 2022, com esquadrão brasileiro em ação

Alvo de Chimaev, Usman evita desmerecer ‘pupilo do UFC’ e opta por dar conselho ao possível rival

Campeão dos meio-médios reconhece feitos de promessa da organização, mas faz alerta sobre confiança em excesso

K. Usman é campeão dos meio-médios desde 2019. Foto: Reprodução/Instagram

Líder no ranking dos peso por peso do UFC, Kamaru Usman não quer saber de polêmica quando o assunto é Khamzat Chimaev. Alvo do sueco, considerado a grande aposta para o futuro da companhia, o campeão dos meio-médios (até 77kg.) evitou desmerecer as qualidades do jovem, invicto na carreira, e que busca uma futura disputa de cinturão. Ao invés de provocar, o ‘Pesadelo Nigeriano’ optou por dar conselhos ao possível rival, que teve dificuldades para superar Gilbert Durinho em seu último compromisso.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Acho que Durinho foi desrespeitado nessa luta (contra Khamzat). Ele luta há anos e só enfrenta os melhores da divisão. Se eu pudesse dar um conselho a Chimaev, seria para não cair na onda do ‘hype‘, porque parece que foi isso o que aconteceu nesta luta”, afirmou Usman, em entrevista ao ‘TMZ’.

Em sua estreia na temporada 2022 do Ultimate, o sueco subiu ao octógono para o maior desafio de sua carreira, até o momento. Contra o experiente Durinho, o ‘pupilo de Dana White’ teve bons momentos, mas sofreu com a resistência e qualidade do brasileiro.

PUBLICIDADE:

Apesar de vencer na decisão dos juízes. Chimaev, pela primeira vez, teve um resultado positivo fora da via rápida. Antes de encarar o niteroiense, o sueco havia nocauteado ou finalizado em seus compromissos.

Com a vitória sobre Gilbert, Khamzat chegou oficialmente ao top 5 dos meio-médios. O atleta, agora, ocupa a terceira posição, atrás apenas de Leon Edwards, Colby Covington e do campeão.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano