AO VIVO

Assista à coletiva pós-UFC 276 com Adesanya, Poatan e mais

Mesmo com disputa empatada entre Pitbull e McKee, presidente do Bellator não garante trilogia

Scott Coker afirma que poderia promover terceira luta, mas possibilidade esbarra no desejo das estrelas dos penas

P. Pitbull (esq.) foi derrotado por A. McKee (dir.) no Bellator 263. Foto: Reprodução/Instagram

A revanche histórica entre Patrício Pitbull e AJ McKee, que trouxe o brasileiro de volta ao topo dos penas (até 65,7kg.) do Bellator, pode não ter uma trilogia. O triunfo do potiguar na última sexta-feira (15) deixou a disputa empatada entre os atletas, mas, de acordo com Scott Coker, presidente da empresa, um novo encontro não está garantido. Em coletiva após o último evento da companhia, o ‘chefão’ analisou a situação.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Por mais que haja nosso desejo de ver uma nova luta, vamos ver como se encaminha. Se as partes quiserem, vamos promover (a trilogia), mas não tem nada garantido”, afirmou Coker.

No Bellator 277, Patrício subiu no cage circular para tentar recuperar o cinturão perdido há quase um ano, quando foi finalizado pelo próprio McKee. O brasileiro não teve vida fácil, mas, após 25 minutos de luta equilibrada foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes.

PUBLICIDADE:

Com a vitória, Pitbull fez valer sua fama de se dar bem em revanches dentro do MMA. O potiguar nunca foi superado em um reencontro com um adversário.

Além de perder o título em sua primeira defesa, McKee tem mais do que lamentar. O tropeço contra o brasileiro marcou o primeiro resultado negativo na carreira do norte-americano.

PUBLICIDADE:

Momentos antes da declaração de Scott, AJ surpreendeu ao afirmar que não deseja uma revanche nos penas. O lutador revelou que a trilogia poderia ser promovida entre os leves (até 70,3kg.), já que não pretende estar inserido em um corte de peso severo.

PUBLICIDADE:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276