Cara de Sapato afirma ter ganho mais dinheiro em um ano de PFL do que em sete anos de UFC

Brasileiro recebeu cerca de R$ 5,5 milhões ao conquistar o título do torneio dos meio-pesados em 2021

Cara de Sapato se torna campeão dos meio-pesados na PFL Foto Instagram @caradesapato

C. de Sapato é campeão dos meio-pesados na PFL. Foto:/Instagram @caradesapato

O ano de 2021 foi especial para Antônio Cara de Sapato. Após mais de três anos sem comemorar uma vitória, o brasileiro foi cortado do UFC, mas chegou com tudo na PFL, onde acumula quatro lutas de invencibilidade, o título do torneio dos meio-pesados (até 93 kg) e o prêmio de US$ 1 milhão (aproximadamente R$ 5,5 milhões na cotação da época).

PUBLICIDADE:

Veja Também

278658043_397950062183867_2282792218569843766_n

Pronto para estrear na nova temporada da Professional Fighters League, que se inicia nesta quarta-feira (20), o campeão dos meio-pesados afirmou, em entrevista ao site norte-americano “MMAJunkie” que recebeu em um ano de PFL mais do que em sete anos atuando pelo UFC.

“Foi ótimo. Não mudou muito, só os números ficaram um pouco maiores na conta bancária. Isso foi uma loucura. Acho que fiz no UFC o que paguei de impostos esse ano. A questão é que eu tinha o contrato de dez lutas do ‘The Ultimate Fighter’, era muita coisa. Foi isso que aconteceu comigo. Eu não tinha um bom empresário na época para me ajudar com isso. Isso me custou muito dinheiro”, disse o lutador.

PUBLICIDADE:

Na estreia na nova temporada da PFL, Antônio Cara de Sapato mede forças com o compatriota Delan Monte, que estreia na organização. O campeão garantiu que chega para a temporada 2022 mais forte do que terminou a do ano passado.

“Que sensação boa chegar aqui com o cinturão, como campeão. É incrível. Estou ansioso para começar. Venho treinando desde que conquistei o cinturão. Estou treinando em camps diferentes para evoluir meu jogo em aspectos diferentes. Estou muito ansioso para a primeira luta”, finalizou.

PUBLICIDADE:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276