Após retomar cinturão dos penas, Pitbull explica o que determinou derrota para McKee na primeira luta; entenda

De volta ao trono do Bellator, brasileiro fala com exclusividade ao SUPER LUTAS e analisa triunfo contra joia da organização

De volta ao topo dos penas (até 65,7kg.) no Bellator, Patrício Pitbull tem motivos de sobra para comemorar. Na última sexta-feira (15), a lenda do MMA superou AJ McKee em revanche histórica na empresa e falou com exclusividade ao SUPER LUTAS sobre o triunfo. O campeão analisou o que deu errado no primeiro confronto e, consequentemente, foi ajustado para o novo embate.

PUBLICIDADE:

Veja Também

278658043_397950062183867_2282792218569843766_n

“Com certeza, a principal mudança foi a postura no cage. Eu estava muito tranquilo na luta passada, devido ao fato de a torcida estar muito nervosa. Foi em Los Angeles, na casa do adversário. Liguei o ‘botão da calma’ e fiquei muito em paz. A gente ficou se estudando e acabei cedendo à pressão que ele (McKee) colocou no início”, afirmou Pitbull.

Cerca de 10 meses após perder o título dos penas para a maior joia já revelada pelo Bellator, Patrício teve sua revanche imediata. No novo cenário, o campeão descreveu a estratégia para que o erro na temporada passada não se repetisse.

PUBLICIDADE:

“Não deixei ele me pressionar. Não cedi em nenhum momento para lutar perto da grade. Foi ao contrário”, encerrou.

Em 25 minutos de confronto, Pitbull convenceu os três juízes laterais e levou a vitória na decisão unânime. Com o feito, o atleta voltou a se confirmar como ‘rei das revanches’ e segue como lenda absoluta da organização.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano