Com ‘assuntos a resolver’ com Carla Esparza, Marina Rodriguez pede disputa de cinturão à antiga rival

Derrotada pela nova campeã dos palhas em 2020, destaque da categoria pede revanche e garante ‘luta emocionante’

M. Rodriguez (foto) em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram

A conquista de Carla Esparza no UFC 274 mexeu com os ânimos de um destaque brasileiro na divisão dos penas (até 52,1kg.). Derrotada pela nova campeã do grupo em 2020, Marina Rodriguez enxerga uma grande oportunidade de travar uma revanche contra a veterana, mas, desta vez, com um cinturão em jogo. Nas redes sociais, a gaúcha pediu a oportunidade de reeditar o embate com a norte-americana.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Parabéns Carla, mas agora nós temos assuntos a resolver. Aproveita teu cinturão e o teu casamento, porque nos veremos novamente. Setembro? Outubro? Apenas me dê um dia e um local. Uma grande revanche. Vamos”, publicou a brasileira, em sua conta no Twitter.

De olho no UFC 274, Rodriguez acompanhou o triunfo de Esparza contra Rose Namajunas, em luta marcada pela falta de combatividade. Disposta a apagar a má impressão deixada pelas protagonistas do confronto co-principal do último fim de semana, a gaúcha garantiu um embate movimentado.

PUBLICIDADE:

“Prometo muita ação. Vamos movimentar o peso palha”, encerrou.

Em grande fase na carreira, Rodriguez não sabe o que é perder desde o confronto contra Esparza, realizado há quase dois anos. Na ocasião, a brasileira acabou superada pela veterana na decisão dividida dos juízes. Apesar do tropeço, o embate foi marcado pelo equilíbrio.

PUBLICIDADE:

O revés diante de Esparza marcou o início de um novo momento de Marina no UFC. Desde o resultado positivo, a gaúcha de 35 anos acumula quatro vitórias seguidas e, hoje, ocupa a terceira posição no ranking da categoria.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano