Com quatro derrotas consecutivas nos leves, Tony Ferguson não descarta mudança de categoria

Na pior fase na carreira, ex-campeão interino explica situação e sugere ida aos meio-médios do Ultimate

T. Ferguson vive um momento dramático dentro do UFC, com quatro derrotas seguidas. Foto: Reprodução/Instagram

Considerado um dos maiores nomes na história dos leves (até 70,3kg.) do UFC, Tony Ferguson vive seu pior momento dentro do MMA. Com quatro derrotas consecutivas, o ‘Bicho Papão’ busca se reencontrar com o caminho das vitórias e não descarta uma mudança de categoria. Em entrevista ao ‘MMA Junkie’, o veterano falou sobre a possibilidade de migrar para os meio-médios (até 77kg.).

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu nocauteei todos os que estão nos meio-médios. O corte de peso para os leves não é muito complicado para mim, mas eu perco muita massa muscular. Detesto parecer magro daquela forma. Fico parecendo um fracote e não gosto disso”, afirmou.

Antigo dono do cinturão interino na divisão até 70,3kg., Ferguson acumula quatro tropeços consecutivos. Em sua última luta, o veterano acabou duramente nocauteado por Michael Chandler, em uma das pelejas mais aguardadas do UFC 274.

PUBLICIDADE:

Destaque dos leves por anos, Tony não vence um compromisso há quase três anos. Seu último triunfo aconteceu em julho de 2019, quando bateu Donald Cerrone.

Mesmo em fase delicada no Ultimate, Ferguson segue na elite da categoria liderada por Charles do Bronx. Hoje, o veterano de 38 anos ocupa a 10ª posição no grupo.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano