Campeão do UFC, Francis Ngannou relata recuperação intensa após cirurgia no joelho: ‘Ainda dói’

Camaronês passou por intervenção cirúrgica após vencer Ciryl Gane, em janeiro deste ano

F. Ngannou se recupera de grave lesão no joelho. Foto: Reprodução/Instagram

Grande nome do UFC na atualidade, Francis Ngannou passou por um dos períodos mais difíceis enquanto lutador de alto rendimento. O camaronês foi submetido a uma cirurgia no joelho após vencer Ciryl Gane pelo cinturão dos pesados (até 120,2kg.) e relatou seu doloroso processo de recuperação.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Agora eu posso dirigir e estou sem muletas. É muito tranquilo, se comparado com as duas ou três semanas iniciais. Elas foram horríveis. Eu não podia dirigir, andar ou pegar algo na geladeira. Foi um grande problema, mas consigo fazer tudo sozinho. Não (estou) 100%, mas bem. Ainda dói à noite, mas não tanto quanto no início”, relatou Ngannou em seu canal oficial no ‘YouTube’.

Francis Ngannou sofreu uma lesão no joelho antes do duelo pela unificação dos cinturões contra Ciryl Gane, em janeiro, e ficará afastado do octógono por tempo indeterminado. Além da lesão, o camaronês também tem questões contratuais a resolver com o Ultimate e não conta com permanência garantida.

PUBLICIDADE:

Contratado pelo UFC em 2015, Ngannou teve uma ascensão meteórica na organização e após seis vitórias consecutivas, foi colocado frente a frente com o campeão Stipe Miocic, em janeiro de 2018.

Derrotado de forma tranquila por pontos, o camaronês voltou à academia e pouco mais de três anos depois, conseguiu uma nova oportunidade de disputar o cinturão dos pesados. O ‘Predador’ não deixou a nova chance escapar e nocauteou Miocic no segundo round, defendendo posteriormente contra Ciryl Gane.

Profissional desde 2013, ele conta com um cartel de 17 resultados positivos – incluindo nomes como Junior Cigano, Cain Velasquez Alistair Overeem – e três negativos.

PUBLICIDADE:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276