Pronto para a sua primeira defesa de cinturão, Glover se coloca no mesmo patamar de grandes lendas do MMA brasileiro

Campeão dos meio-pesados, o lutador brasileiro disse que está na mesma 'prateleira' de estrelas como Wanderlei Silva e José Aldo na história do esporte

G. Teixeira é campeão dos meio-pesados do UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Conquistar o cinturão do UFC é uma glória alcançada por poucos lutadores na história do MMA mundial. Por isso, o campeão dos meio-pesados Glover Teixeira fez questão de se colocar no patamar de grandes lendas do MMA brasileiro. Em entrevista ao ‘Combate’, o atleta tupiniquim afirmou que está na mesma ‘prateleira’ de estrelas com Wanderlei Silva, Minotauro e José Aldo.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Foi especial por estar na elite. Hoje eu me considero como um Wanderlei Silva, como um Minotauro, como um Lyoto (Machida), um cara que conquistou o cinturão também, como José Aldo, eu me considero junto com esses caras”, disse o campeão dos meio-pesados.

Em sua primeira defesa de cinturão, Glover irá enfrentar o prospecto em ascensão Jiri Prochazka. O brasileiro afirmou estar pronto para encarar a trocação de alto nível do seu rival.

PUBLICIDADE:

“O Jiri é um cara do striking e é imprevisível, entendeu? Tem que ficar com o olho muito esperto ali. O reflexo tem que estar em dia. É mais o imprevisível dele e com certeza é um cara que bate duro, mas eu tenho treinado com um dos melhores strikers do mundo do boxe quanto do kickboxing e estou sentindo muito bem”, afirmou Glover.

Aos 42 anos de idade, Glover se tornou campeão dos meio-pesados após bater o polonês Jan Blachowicz, em outubro de 2021, no UFC 267. Profissional desde 2002, o mineiro de Sobrália possui um cartel de 33 triunfos e sete reveses no esporte.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano