Em nova luta eletrizante, Zhang apaga Jedrzejczyk com nocaute fulminante e aposenta rival no UFC 275

Chinesa supera resistência da polonesa e bate lenda dos palhas em revanche histórica; após revés, ícone do MMA ‘pendurou as luvas’

W. Zhang (esq.) nocauteou J. Jedrzejczyk (dir.) no UFC 275. Foto: Reprodução/Instagram

Em revanche histórica no UFC 275, realizada neste sábado (11), em Singapura, Weili Zhang deu um verdadeiro espetáculo contra Joanna Jedrzejczyk. Em novo confronto eletrizante, a chinês mostrou superioridade e superou a lenda do peso palha (até 52,1kg.) com um nocaute fulminante no segundo round. Ao fim do confronto, as atletas receberam os aplausos do público presente no Singapore Indoor Stadium.

PUBLICIDADE:

Com o resultado, volta a vencer após dois tropeços consecutivos contra Rose Namajunas. A show da chinesa diante da ex-campeã do grupo pode credenciar a, também, antiga líder dos palhas a uma disputa de cinturão.

De volta ao octógono após mais de dois anos de inatividade, Jedrzejczyk voltou a ser superada pela rival chinesa. O último compromisso da polonesa havia sido contra a própria Zhang, em ‘guerra’ épica no UFC 248.

PUBLICIDADE:

Após o revés diante de Zhang, Joanna surpreendeu os fãs. Em entrevista ainda no octógono, a combatente anunciou sua aposentadoria do MMA profissional, aos 34 anos.

A luta

O confronto começou com Zhang tocando a polonesa com um chute baixo. Jedrzejczyk respondeu com uma combinação de socos, que pararam na guarda da chinesa. Ainda no primeiro minuto, as combatentes aceitavam a luta franca. Joanna chegou a derrubar a adversária com um chute baixo, mas Weili se levantou rápido. Após o susto, a chinesa partiu para cima da oponente e conseguiu uma queda. Jedrzejczyk se levantou, mas Zhang continuava pressionando e voltou a derrubar. Por cima, Zhang golpeava no ground and pund, enquanto a polonesa tentava se proteger. Na metade da etapa, Joanna voltou a se levantar, mas Weili insistia na luta agarrada e quedou a oponente mais uma vez. Perto do minuto final, Zhang conseguiu a montada e castigava a ex-campeã com cotoveladas potentes. Quase no fim do round, Jedrzejczyk deu show de resistência e voltou a se levantar. Perto de acabar o assalto, as ex-campeãs trocavam golpes no centro do octógono, mas não havia mais tempo.

PUBLICIDADE:

Na segunda etapa, Zhang levava a melhor na trocação e atacava a polonesa com chutes na linha de cintura. Jedrzejczyk respondeu com uma sequência de cruzados, mas os ataques não intimidavam a chinesa. Com pouco mais de um minuto, Zhang conectou uma soco giratório, que explodiu no rosto da polonesa. Com a ‘bomba’, a polonesa ‘apagou’, sofrendo um nocaute imediato.

PUBLICIDADE:

A luta

O confronto começou com Zhang tocando a polonesa com um chute baixo. Jedrzejczyk respondeu com uma combinação de socos, que pararam na guarda da chinesa. Ainda no primeiro minuto, as combatentes aceitavam a luta franca. Joanna chegou a derrubar a adversária com um chute baixo, mas Weili se levantou rápido. Após o susto, a chinesa partiu para cima da oponente e conseguiu uma queda. Jedrzejczyk se levantou, mas Zhang continuava pressionando e voltou a derrubar. Por cima, Zhang golpeava no ground and pund, enquanto a polonesa tentava se proteger. Na metade da etapa, Joanna voltou a se levantar, mas Weili insistia na luta agarrada e quedou a oponente mais uma vez. Perto do minuto final, Zhang conseguiu a montada e castigava a ex-campeã com cotoveladas potentes. Quase no fim do round, Jedrzejczyk deu show de resistência e voltou a se levantar. Perto de acabar o assalto, as ex-campeãs trocavam golpes no centro do octógono, mas não havia mais tempo.

Na segunda etapa, Zhang levava a melhor na trocação e atacava a polonesa com chutes na linha de cintura. Jedrzejczyk respondeu com uma sequência de cruzados, mas os ataques não intimidavam a chinesa. Com pouco mais de um minuto, Zhang conectou uma soco giratório, que explodiu no rosto da polonesa. Com a ‘bomba’, a polonesa ‘apagou’, sofrendo um nocaute imediato.

Estatísticas de ‘Zhang x Jedrzejczyk’

Resultados do UFC 275

CARD PRINCIPAL

Peso meio-pesado (até 93kg.): Jiri Prochazka finalizou Glover Teixeira com um mata-leão a 4m32s do R5 – Luta pelo cinturão

Peso mosca (até 56,7kg.): Valentina Shevchenko x Taila Santos na decisão dos juízes (48-47, 47-48, 49-46) – Luta pelo cinturão

Peso palha (até 52,1kg.): Weili Zhang derrotou Joanna Jedrzejczyk por nocaute aos 2m28s do R2

Peso meio-médio (até 77kg.): Jake Matthews derrotou André Fialho por nocaute a 2m24s do R2

Peso meio-médio (até 77kg.): Jack della Maddalena derrotou Ramazan Emeev por nocaute técnico a 1m32s do R1

CARD PRELIMINAR

Peso pena (até 65,7kg.): Joshua Culibao derrotou Seung Woo Choi na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso leve (até 70,3kg.): Hayisaer Maheshate derrotou Steve Garcia Jr. por nocaute aos 1m20s do R1

Peso médio (até 83,9kg.):  Brendan Allen derrotou Jacob Malkoun na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso galo (até 61,2kg.):  Kyung Ho Kang derrotou Danaa Batgerel na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso palha (até 52,1kg.): Silvana Juarez derrotou Na Liang por nocaute a 1m22s do R1

Peso galo (até 61,2kg.): Joselyne Edwards derrotou Ramona Pascual na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28)

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276