Carla Esparza ignora ‘furada de fila’ de Weili Zhang e defende posto de desafiante para Marina Rodriguez

Campeã das palhas se diz impressionada com atuações de Marina e acredita que a brasileira mereça revanche no UFC

C. Esparza (esq.) defende M. Rodriguez (dir.). Foto: Montagem SUPER LUTAS

Campeã das palhas (até 52,1kg.), Carla Esparza analisou o cenário da categoria para sua primeira defesa de título na divisão. Em entrevista ao ‘MMA Fighting’, a lutadora defendeu Marina Rodriguez de possível ‘furada de fila’ por Weili Zhang e diz que brasileira merece chance de enfrentá-la.

PUBLICIDADE:

“Não acho que (Weili Zhang) seja (mais merecedor). Acho que a Marina ganhou cinco seguidas e venceu a competição de alto nível. Ela tem se mantido ativa e, para mim, se provou. Merece uma chance pelo título. Mas, por algum motivo, tenho certeza de que há muita coisa nisso e Weili está levando a chance. Para mim, eu luto com quem quer que esteja na minha frente, mas não significa necessariamente que eu acho que é justo ou foi a decisão certa no que diz respeito ao atleta”, disse Carla.

Veja Também

Esparza e Rodriguez, inclusive, têm história antiga no Ultimate. As duas atletas se enfrentaram há quase dois anos e a norte-americana saiu com os ‘braços erguidos’ na decisão dividida dos juízes. Ainda assim, ela considera que a brasileira tenha evoluído em seu jogo e tem impressionado por sua qualidade no octógono.

PUBLICIDADE:

“Toda vez que assisto Marina, percebo que ela ficando cada vez melhor e vencendo as melhores garotas. Até conseguiu nocautear alguém duas vezes (como fez) em uma luta em Amanda Ribas. Ela é impressionante. Eu definitivamente acho que ela deveria ganhar a luta pelo título”, concluiu.

Aos 34 anos, Carla volta ao topo dos palhas quase oito anos depois de sua primeira conquista. Em 2014, a norte-americana se tornou a primeira campeã na história da divisão, superando, na ocasião, a mesma Namajunas. No UFC 274, o roteiro foi parecido e ela saiu com o cinturão na decisão dividida dos juízes.

Podcast #69: Alex Poatan brilha e Adesanya sai vaiado no UFC 276