Ex-parceira de treinos, Kayla Harrison descarta polêmica e mostra respeito por Amanda Nunes: ‘Aprendi com ela’

Norte-americana foge de conflito e ressalta aprendizagem com brasileira na 'American Top Team'

A. Nunes, M. Brown e K. Harrisson durante sessão de treinos na American Top Team (Foto: Instagram/MikeBrownMMA)

Amanda Nunes virou notícia ao revelar, após saída da ‘American Top Team’, que se sentia preterida por Kayla Harrison na academia. Agora, foi a vez da campeã peso leve (até 70,3kg.) da PFL se manifestar. A norte-americana evitou polemizar em sua versão e optou por agradecê-la pelo período em que treinaram juntas.

PUBLICIDADE:

“Não tenho nada negativo a dizer sobre Amanda. Foi uma grande companheira de equipe, gostei muito do tempo que passamos treinando juntos. Eu realmente gostei de aprender com ela, crescer ao lado dela, ajudando uma a outra. Se foi assim que ela se sentiu, eu me sinto mal. Sempre tentei ser honesta e respeitosa com meus desejos e objetivos. Eu nunca me esquivei disso ou tentei fingir”, disse Harrison, em entrevista ao ‘MMA Fighting’.

Veja Também

Depois de saída da ‘ATT’, Amanda decidiu por montar sua própria equipe e, agora, se prepara para a revanche diante de Julianna Peña, que acontece no UFC 277, previsto para 30 de agosto. No primeiro encontro, a brasileira esteve irreconhecível, foi finalizada pela norte-americana no segundo round e perdeu o cinturão das galos (até 62,1kg.).

PUBLICIDADE:

Já Harrison, por sua vez, defende invencibilidade na carreira na próxima sexta-feira, em combate diante de Kaitlin Young. Atual duplo-campeã do torneio das leves (até 70,3kg.), a norte-americana visa confirmar presença nas semifinais. Ela tem um cartel de 13 vitórias em 13 lutas.

Podcast #73: MAIOR DE TODAS? Amanda Nunes volta a reinar no UFC