‘Maior que o ídolo?’; O que falta para Israel Adesanya superar Anderson Silva na história da divisão dos médios?

Com o nigeriano pronto para a sua quinta defesa de título, a equipe SUPER LUTAS debate se o 'Stylebender' já superou o seu ídolo como 'GOAT' do grupo até 83,9kg

A. Silva (dir.) e I. Adesanya (esq.) se enfrentaram no UFC 234. Foto: Reprodução/Youtube ufc

A cada defesa de cinturão bem sucedida de Israel Adesanya na divisão dos médios (até 83,9kg), as comparações com o seu ídolo Anderson Silva aumentam progressivamente. Porém, mesmo sendo um campeão dominante como o ‘Spider, será que o nigeriano já superou o brasileiro como maior de todos na história da categoria? Para debater esse assunto, cada membro da equipe SUPER LUTAS deu sua opinião sobre o ‘espinhoso’ tema.

PUBLICIDADE:

Veja Também

VH Gonzaga, redator e repórter do SUPER LUTAS

“Falta muito, com ‘M’ maiúsculo. Israel Adesanya tem um talento genuíno para as artes marciais e, sem sombra de dúvida, é uma grande referência na transição do kickboxing para o MMA. Porém, suas últimas atuações, apesar de consistentes, não me convencem que o nigeriano atingirá a hegemonia de Anderson Silva.
Em seus melhores tempos, Anderson era frio, calculista, espetacular. O atleta, como bem disse Yoel Romero após sua derrota na temerosa ‘luta’ contra Adesanya, ‘parava o Coliseu’.
Além de mágico no octógono, ‘Spider’ construiu um reinado nos médios do UFC difícil de ser superado. Foram 10 defesas de cinturão, marca que nenhum outro se aproximou ao longo dos quase 10 anos que se passaram desde a perda do título.
Fã confesso de Anderson, Adesanya, que já chegou a ser comparado com a lenda brasileira, não empolga. Sua última grande apresentação aconteceu no nocaute contra Paulo Borrachinha, em 2020. Depois disso, apenas vitórias pontuais.
Israel tem o talento, a inteligência, a malícia. No entanto, a combinação para o sucesso freia e reduz as conquistas do nigeriano quando comparadas ao que fez Silva em seu auge. Enfim, ‘Izzy’ precisa ‘ralar muito’ para sentar à mesa das lendas do MMA”.

Fernando Keller, redator e repórter do SUPER LUTAS

“Na minha opinião ainda falta bastante para sequer existir uma conversa. Além dos números ainda muito distantes, Anderson Silva é um dos maiores de todos os tempos pelos shows que dava no octógono, coisa que Adesanya passa longe de fazer desde que conquistou o cinturão”.

PUBLICIDADE:

Igor Ribeiro, redator e repórter do SUPER LUTAS

Israel Adesanya tem um longo caminho para que seja comparado com Anderson Silva, na minha opinião. Não alcançou na quantidade de vitórias pelo cinturão e, à medida em que o tempo passa, tem se tornado um lutador cada vez mais pragmático. Exceto na luta contra Borrachinha, todas as outras defesas não tiveram tanto impacto e foram decididas por pontos, sem um claro brilho do campeão. Para que pese seu legado como o ‘GOAT’ dos médios, ainda precisa ajustar seu jogo e mentalidade. Hoje, está muito atrás do que já fez o ‘Spider’”

Gabriel Fareli, redator e repórter do SUPER LUTAS

“Acredito que o nome de Israel Adesanya já está na história da divisão dos médios, porém, no máximo, como top-3 da categoria. O posto de ‘GOAT’ do grupo até 83,9kg é de Anderson Silva e isso dificilmente mudará algum dia. Além das 10 defesas de cinturão, poucos campeões, inclusive de outras divisões, conseguiam aliar desempenho e resultado de forma tão brilhante como o brasileiro. A forma com que o ‘Spider’ bateu a maioria dos seus rivais, durante o seu reinado, foi algo tão impactante que é citado até por lutadores mais jovens como inspiração para o início de suas carreiras. Em suas últimas lutas, o ‘Izzy’ tem se tornado um lutador pragmático, que não ‘enche os olhos’ dos fãs de MMA que acompanham suas lutas. Vai ser difícil alguém um dia, tirar esse posto de Anderson Silva”.

Vale lembrar que Anderson e Adesanya já mediram forças no octógono do Ultimate. Os dois atletas protagonizaram o UFC 234, que aconteceu em fevereiro de 2019. O espetáculo foi realizado em Melbourne, Austrália (AUS). Na ocasião, o nigeriano saiu vencedor na decisão unânime dos juízes.

PUBLICIDADE:

Com ou sem título de ‘GOAT, Israel Adesanya irá para a sua quinta defesa de cinturão. Campeão dos médios desde outubro de 2019, o nigeriano medirá forças contra o norte-americano Jared Cannonier na luta principal do UFC 276, que acontecerá no próximo sábado (02). O espetáculo será realizado na T-Mobile Arena, em Las Vegas (EUA).

Podcast #73: MAIOR DE TODAS? Amanda Nunes volta a reinar no UFC