Apesar de derrota no UFC 276, Uriah Hall adota tom provocativo e ironiza jiu-jitsu de André Sergipano

'Homem Ambulância' parabeniza brasileiro, mas brinca por ter saído sem ser finalizado

U. Hall ocupa a 12ª colocação nos médios do UFC. Foto: Reprodução/Instagram

No último sábado (2), Uriah Hall não conseguiu inibir o jogo na luta agarrada de André Sergipano, mas tratou de provocar o brasileiro após luta no UFC 276. Em seu ‘Instagram’ oficial, o jamaicano adotou tom provocativo para questionar a eficiência do jiu-jitsu do rival. Ele foi derrotado na decisão unânime dos juízes.

PUBLICIDADE:

“O jogo da luta pode ser belo, mas também brutal. A parte mais m**** do esporte pode ser, também, necessária para o crescimento. Devo celebrar a minha vitória, mas também aprender com as minhas derrotas. Mais importante ainda, mal posso esperar para dizer aos meus filhos que levei uma surra e continuei tentando. Ninguém bate com mais força do que a vida e eu continuo de pé. Parabéns ao campeão de jiu-jitsu e faixa preta André (Sergipano) por sequer ter conseguido finalizar um faixa azul. Eu também teria aguentado pela querida vida. Tudo bem, rumo ao próximo”, escreveu Hall.

Veja Também

Com base no jogo em pé, Hall se viu envolvido pela experiência de Sergipano na luta agarrada e foi dominado os três rounds. Apesar da desvantagem, o jamaicano conseguiu sair das posições desfavoráveis e resistiu às tentativas de finalização do adversário. Ele, assim, segue sua trajetória sem dar os ‘três tapas’ em desistência.

PUBLICIDADE:

Uriah sentiu o ‘sabor amargo’ da segunda derrota em série. Agora, o ‘Homem Ambulância’ tem 17 triunfos e dez reveses em sua trajetória nas artes marciais mistas.

Podcast #74: O Adeus trágico a Leandro Lo +Derrotas brasileiras no UFC Vegas 59