Borrachinha acusa árbitro de ser ‘mal-intencionado’ e recebe resposta irônica de Adesanya

Brasileiro questiona atuação de Jason Herzog na luta entre Pedro Munhoz e Sean O'Malley, mas é respondido pelo algoz nigeriano

I. Adesanya superou P. Borrachinha no segundo round. Foto: Reprodução/Instagram

Israel Adesanya e Paulo Borrachinha já se enfrentaram pelo cinturão dos médios (até 83,9kg.) no passado, mas o clima de rivalidade segue no ar. O brasileiro, em seu ‘Twitter’ oficial, acusou o árbitro Jason Herzog de ser mal-intencionado nas lutas no Ultimate e recebeu uma resposta irônica do nigeriano.

PUBLICIDADE:

Após polêmica com dedada no olho de Sean O’Malley em Pedro Munhoz no UFC 276, Herzog optou por não tirar nenhum ponto do norte-americano e encerrou a luta em ‘no contest’. Agora, Borrachinha compara as situações e sugere ter sido prejudicado pelo árbitro no duelo contra Adesanya.

Veja Também

Rafael Fiziev Rafael dos Anjps

“Jason Herzog, esse cara é mal-intencionado. Eu repudio esse tipo de falso profissional. Ele tirou 1 ponto de mim na primeira cutucada não intencional no olho. E adivinhe, o destino é cruel. A ‘cutucada’ mais séria que Pedro recebeu ele não conseguiu um ponto. Seu filho da p***”, atacou Borrachinha em seu ‘Twitter’.

PUBLICIDADE:

Em seguida, Israel agiu rápido para dizer que havia nocauteado Paulo e, sem a interrupção de Herzog, o brasileiro teria levado outros golpes. O duelo entre os dois atletas aconteceu em setembro de 2020.

“Eu sei direito… Ele me parou apenas depois de dois socos fortes”, respondeu Adesanya.

Israel Adesanya e Paulo Borrachinha se enfrentaram na luta principal do UFC 253, em setembro de 2020. Na ocasião, o nigeriano conseguiu o nocaute técnico no segundo round, defendeu o título dos médios (até 83,9 kg) pela segunda vez e, de quebra, acabou com a invencibilidade do brasileiro no MMA profissional.

PUBLICIDADE:

Podcast #73: MAIOR DE TODAS? Amanda Nunes volta a reinar no UFC