Mutante vence ‘final’ contra Sarafian e Feijão se recupera no UFC

Nas outras lutas do card principal, Santiago Ponzinibbio, Rony Jason e Paulo Thiago são derrotados

C. Mutante (foto) vence D. Sarafian.

C. Mutante (foto) vence D. Sarafian.

Cezar Mutante foi o vencedor da primeira edição do TUF Brasil entre os pesos médios, em 2012. Mas apesar de ganhar o reality show, o pupilo de Vitor Belfort sempre foi questionado por não ter enfrentado Daniel Sarafian, finalista do programa que acabou se lesionando antes da decisão. Porém, agora ele não carrega essa dúvida. Em um jogo tático, Cezar bateu o rival na segunda luta mais importante do UFC Fight Night 32, show realizado, nesta noite (09), em Goiânia.

Mutante vence ‘final do TUF’ contra Sarafian

A esperada luta entre Cezar Mutante e Daniel Sarafian, que seria a final do TUF Brasil entre os pesos médios, ficou abaixo das expectativas. Apesar de um duelo bem disputado no início, o jogo tático de Mutante conseguiu sobrepor a trocação de Sarafian.

Daniel começou melhor a luta, fintando o ataque nas pernas para soltar potentes golpes de boxe. Por sua vez, Cezar tentou usar a maior envergadura para trabalhar com golpes retos, mas sem grande contundência.

Na segunda parcial, Mutante mudou a estratégia e foi ele quem buscou a queda, mantendo o rival por cima, mesmo sem golpear com contundência. Na segunda metade do round, Sarafian conseguiu se levantar e até acertou um bom golpe, mas ele não conseguiu dar sequência nos ataques.

No terceiro round, Mutante repetiu a tática. Ele trabalhou com jogo de quedas, manteve o rival no solo, evitou os riscos na trocação e esfriou o impeto de Daniel. No final, ele esteve perto de finalizar a peleja e terminou a luta nas costas de Sarafian com o mata-leão encaixado.

No final, vitória de Cezar Mutante na decisão dividida dos juízes (30×27, 28×29, 30×28).

Feijão vence e volta a levantar a torcida

Após quatro derrotas consecutivas de atletas brasileiros, Rafael Feijão voltou a dar alegria para a torcida de Goiânia. Diante de Igor Pokrajac, o brasileiro começou levando um susto, com bons golpes aplicados pelo rival.

Mas após chegar ao clinch do Muay Thai, Feijão emplacou uma sequência de cinco joelhadas e dois golpes de direita. O croata foi ao chão e com mais dois golpes, ele acabou desistindo da peleja.

O resultado marcou a primeira vitória de Rafael Feijão no UFC. Anteriormente, o ex-campeão do Strikeforce perdeu em sua estreia para o compatriota Thiago Silva.

Thatch vence Paulo Thiago e complica ‘Caveira’ no UFC

Paulo Thiago entrou no octógono montado em Goiânia disposto a recomeçar sua escalada na divisão de meio-médios do UFC. Mas após ser pego com uma justa joelhada na costela aplicada por Brandon Thatch, o policial do BOPE de Brasília ficou em risco dentro da organização.

O brasileiro começou a luta tentando encurtar a distância para buscar a luta de solo. Mas ao tentar uma queda com o quadril, Paulo Thiago acabou abrindo espaço para uma potente joelhada encaixada por Thatch nas costelas do ‘Caveira’.

Neste momento, o brasileiro foi ao solo e desistiu da peleja, dando os três tapinhas do octógono, no momento que sofria socos no solo.

Com o resultado, Paulo Thiago, apesar de vir de vitória em sua última luta, sofreu o quinto revés em sete apresentações mais recentes no Ultimate.

‘Argentino Gente Boa’ perde na estreia

Santiago Ponzinibbio não conseguiu repetir as atuações do TUF Brasil 2 em sua estreia no UFC. O ‘Argentino Gente Boa’, como ele foi apresentado por Bruce Buffer, foi dominado pelo consistente jogo de Ryan LaFlare.

O norte-americano trabalhou encurtando a distância e fugindo da trocação do argentino. Na luta de clinch, Laflare conseguiu uma queda e acertou Santiago com vários socos no chão. Apesar de ter um bom momento no segundo assalto, a parcial seguiu como a anterior: Ryan controlando a luta, evitando as combinações de Ponzinibbio e predendo o rival de costas no solo.

Depois de perder os dois primeiros rounds, Santiago abriu o jogo no terceiro assalto. Depois de sofrer um knockdown com uma joelhada, o argentino mostrou raça e conseguiu se levantar. Nos instantes finais, ele conseguiu devolver o knockdown, mas não tinha força para continuar o castigo no solo.

Ao final de 15 minutos, vitória de Ryan LaFlare sobre Santiago Ponzinibbio  na decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27, 30×27).

Jason sofre nocaute relâmpago e perde primeira no UFC

Com um espetacular chute de encontro, o brasileiro Rony Jason viu cair uma invencibilidade no UFC. Vindo de três vitórias consecutivas dentro do octógono, o brasileiro foi surpreendido nos primeiros instantes da luta contra Jeremy Stephens.

Com apenas 40 segundos de combate, Jason tentou aplicar um golpe de direita, mas o norte-americano jogou um chute de encontro e derrubou o brasileiro, que já aparentava estar nocauteado. Mas para garantir o triunfo, Stephens encaixou mais um chute no rosto para confirmar o nocaute.

Confira abaixo os resultados do UFC em Goiânia:

Card Principal

Vitor Belfort vs. Dan Henderson

Cezar Mutante derrotou Daniel Sarafian na decisão dividida dos juízes;

 Rafael Feijão derrotou Igor Pokrajac por nocaute técnico no R1;

Brandon Thatch derrotou  Paulo Thiago por nocaute técnico no R1;

Ryan LaFlare derrotou  Santiago Ponzinibbio na decisão unânime dos juízes;

Jeremy Stephens derrotou  Rony Jason por nocaute no R1;

Card Preliminar

Sam Sicilia derrotou Godofredo Pepey por nocaute téncico no R1;

Omari Akhmedov derrotou Thiago Bodão por nocaute no R1;

Thiago Tavares finalizou Justin Salas com um mata-leão no R1;

Adriano Martins finalizou Daron Cruickshank com uma Kimura no R2;

Dustin Ortiz derrotou José Maria ‘Sem Chance’ por nocaute técnico no R3;

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments