Vítima de Alex Poatan, Sean Strickland é desafiado por veterano do UFC, mas faz exigência para aceitar luta

Menos de um mês após ser brutalizado por estrela brasileira, ‘bad boy’ tem proposta para enfrentar Derek Brunson

S. Strickland (esq.) após vitória no UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Menos de um mês após ser duramente nocauteado por Alex Poatan no UFC 276, Sean Strickland está disposto a voltar ao octógono. Destaque dos médios (até 83,9kg.) no Ultimate, o ‘bad boy’ foi desafiado por Derek Brunson, mas tem exigência importante para topar o compromisso. Nas redes sociais, o norte-americano explicou sua condição para encarar o veterano.

PUBLICIDADE:

“Recebi o desafio. Vamos lá. Mas disseram: ‘ele te desafiou, mas quer esperar de cinco a seis meses (para lutar’. (…) Não vou esperar seis meses para te enfrentar. Se você acha que aguardarei seis meses, vá se fod**. (…) Não vou esperar. Estou tentando comprar um Maserati (automóvel). Nem sei como é o veículo, só sei que é chique. Não vou comprar um esperando seis meses para enfrentar Derek Brunson. Vamos fazer acontecer antes”, desabafou Strickland, em sua conta no Instagram.

Veja Também

Atual número sete no ranking dos médios, Sean estava invicto na divisão até o encontro com Poatan, no UFC 276. Contra o brasileiro, o ‘bad boy’ acabou se afastando momentaneamente da chance de lutar pelo cinturão após ser brutalizado no primeiro round de confronto.

PUBLICIDADE:

Veterano da organização, Brunson não se apresenta desde o tropeço sofrido contra Jared Cannonier, em fevereiro de 2022. Após o revés, que determinou o rival como desafiante ao título, Derek admitiu que pretendia se afastar do esporte por um tempo. Hoje, o lutador de 38 anos ocupa a quarta posição no grupo.

Podcast #74: O Adeus trágico a Leandro Lo +Derrotas brasileiras no UFC Vegas 59



Resultados do UFC San Diego Resultados da PFL 8 2022 Principais destaques do UFC San Diego Principais destaques da PFL 8 2022 Ranking dos meio-pesados do UFC