Embalada por dois nocautes consecutivos, Molly McCann desafia irmã de Valentina Shevchenko

Após o UFC Londres, a lutadora inglesa admitiu que seu foco é chegar na campeã, mas antes, gostaria de derrotar Antonina

M. McCann venceu H. Goldy no UFC Londres (Foto: Instagram)

Vivendo grande momento em sua carreira, a peso mosca (até 56,7kg) Molly McCann já tem em mente quem gostaria de enfrentar em sua próxima luta no Ultimate. Após aplicar um nocaute espetacular em Hannah Goldy no UFC Londres, que aconteceu no último sábado (23), a atleta inglesa pediu por um duelo contra Antonina Shevchenko, irmã mais velha de Valentina, campeã da sua categoria.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu nunca desafio ninguém, isso não é uma coisa que faço, mas quando você fala sobre legado, prestígio, honra, quem é a melhor nesse jogo? É a Valentina. Estou pronta para a Valentina? Não. Estou pronta para Antonina? Vamos ver. Acredito que estou”, disse McCann em entrevista coletiva após o evento.

Apesar do desafio à Antonina, Molly disse que seu desejo é enfrentar Valentina no futuro, mas fez questão de enfatizar que não tem a intenção de ser desrespeitosa com a campeã.

PUBLICIDADE:

“Isso não é como um insulto, não é como ‘Eu vou acabar com você em qualquer lugar’, mas eu realmente acho que essa é uma luta incrível para fazer e eu sei que se elas fizerem um camp para mim, se eu chegar até a Shevchenko, elas vão ter um plano. Mas eu também tenho um plano porque eu vou saber como vencer a irmã dela. Então, com todo o respeito, eu só disse o nome dela porque acho que ela é a melhor. Eu gostaria de dizer a ela que eu acredito que ela é a melhor, por isso estou tentando desafiá-la para isso”, disse a lutadora inglesa.

Contratada pelo Ultimate em 2020, Molly teve um início complicado com duas derrotas seguidas. Em sequência, a inglesa se recuperou e emendou três vitórias seguidas, sendo as duas últimas com nocautes espetaculares, sobre Luana Dread e Hannah Goldy. A amiga de Paddy Pimblett possui um cartel de 13 resultados positivos e quatro negativos no esporte.

 

PUBLICIDADE:

Podcast #73: MAIOR DE TODAS? Amanda Nunes volta a reinar no UFC