Amigo e parceiro de treinos de Adesanya, Volkanovski defende campeão dos médios das críticas

O australiano saiu em defesa do seu amigo e disse que as atuações burocráticas do nigeriano são por culpa da passividade dos seus desafiantes

I. Adesanya e A. Volkanovski posam para foto com seus cinturões (Foto: Instagram/@ufc)

Campeão dos médios (até 83,9kg), Israel Adesanya vem sofrendo com críticas dos fãs e da imprensa por suas atuações pouco animadoras em suas últimas lutas. Entretanto, o seu amigo e parceiro de treinos Alexander Volkanovski saiu em sua defesa. O dono do cinturão dos penas (até 65,7kg) disse que os ‘ataques’ ao nigeriano são injustos e afirmou que a responsabilidade de ‘animar’ a luta é do desafiante ao título.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Claro que é injusto. Vai acontecer sempre. Toda vez que você tem lutas difíceis. A questão é que as pessoas precisam entender quando alguém só tem uma chance de socar, e isso é tudo que eles estão procurando. Vamos lá, cara, eu não sei o que fazer. Por que um campeão tem que correr todos os riscos? Por que ele tem que se apresentar quando sabe que alguém está esperando por um figurão? A pessoa, o desafiante, obviamente, se as coisas não estão indo do seu jeito, e eu não estou tendo uma chance com Cannonier , eu acho que eles precisam fazer algo acontecer. Eu não acho que cabe ao campeão fazer algo acontecer”, disse Volkanovski ao ‘MMA Fighting’.

Líder dos médios desde outubro de 2019, Adesanya vem enfrentando diversas críticas por suas atuações burocráticas diante de seus últimos desafiantes. Com cinco defesas de cinturão, o nigeriano deve enfrentar o brasileiro Alex Poatan em seu próximo combate. O nigeriano possui um cartel no MMA de 23 triunfos e apenas um revés.

PUBLICIDADE:

Podcast #73: MAIOR DE TODAS? Amanda Nunes volta a reinar no UFC