Invicto no Brasil, Belfort sonha em protagonizar luta no Maracanã

Carioca admite luta com Lyoto, mas descarta confronto em um futuro próximo: ‘Estou em posição confortável de esperar quem fica com o cinturão’

VITOR BELFORT PESAGEM

Esta Cobertura é patrocidada por:

Vitor Belfort realizou grandes lutas de sua carreira no Brasil. Desde o nocaute contra Wanderlei Silva, em 1998, no ginásio da Portuguesa, em São Paulo, até a atuação fulminante contra Dan Henderson, no último sábado, em Goiânia, o “Fenômeno” acumula uma trajetória invicta em seu pais natal.

Justamente por isso, Belfort sonha em realizar uma luta no Brasil em uma das arenas mais tradicionais do futebol. “Apesar de eu ser Flamengo, gosto e respeito todos os torcedores do Brasil. Mas seria ótimo uma luta no Maracanã”, afirmou, em entrevista coletiva.

De olho em uma nova chance de disputar o cinturão dos médios, Belfort admitiu a possibilidade de enfrentar no futuro Lyoto Machida, que o desafiou após sua última vitória. No entanto, devido à sua proximidade do cinturão, o veterano não vê essa luta acontecendo em um futuro próximo.

“Eu não gostava da ideia de lutar com o Lyoto quando ele estava nos meio-pesados, mas, hoje em dia, se precisasse, poderia lutar. Mas agora eu estou em uma posição confortável, de esperar quem fica com o cinturão para eu poder desafiar”, esclareceu Belfort.

O próximo oponente de Vitor Belfort no UFC deverá sair da revanche entre Chris Weidman e Anderson Silva, que acontecerá no dia 28 de dezembro.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments