‘Homem Nocaute’, Joaquin Buckley mostra raça, mas perde para francês em luta eletrizante no UFC Paris

Norte-americano sente desvantagem na envergadura e evita de ser finalizado, mas é superado na decisão unânime dos juízes

J. Buckley protagonizou um dos nocautes mais marcantes da história no UFC Ilha da Luta 5. Foto: Reprodução/Instagram

Responsável por um dos nocautes mais plásticos da história do MMA, Joaquin Buckley não conseguiu ‘calar’ a Accor Arena, na França. Em duelo contra ‘dono da casa’ Nassoudine Imavov, válido pela divisão dos médios (até 83,9kg.) no card principal do UFC Paris deste sábado (3), o norte-americano mostrou coração e teve bons momentos na luta, mas foi superado na decisão unânime dos juízes.

Com isso, Buckley tem sua sequência de três vitórias seguidas quebrada. Profissional desde 2014, o norte-americano soma 15 triunfos e cinco reveses na carreira.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Imavov fez a alegria do público presente e deve subir posições, rumo ao top-10, na categoria até 83,9kg. O francês, agora, conta com um retrospecto de 12 resultados positivos e três negativos em sua trajetória. Ele consegue seu segundo triunfo no Ultimate.

A Luta

Buckley teve a primeira iniciativa, com um chute baixo. Com o apoio de sua torcida, Imavov ‘usava e abusava’ de sua envergadura para trabalhar os golpes na longa distância. Joaquin, por sua vez, tentava encurtar o jogo, embora ainda tivesse dificuldades para encaixar os golpes no rival. Pilhado, Nassourdine seguia marchando para frente, mas já via o norte-americano se sentir à vontade no octógono. O francês se defendeu de uma queda, raspou e caiu na montada para bater até o soar do gongo.

PUBLICIDADE:

O segundo assalto continuou com Imavov controlando o centro de ação, sempre com duros contragolpes em Buckley, por meio de sua envergadura. Confiante, o atleta da casa seguia atrás do rival no octógono, sempre com o estilo e base carateca. Joaquin, por sua vez, também entrava com golpes na aproximação e a luta ficou franca. Nassourdine optou pela estratégia e aplicou uma queda na reta final. Por cima, o francês tentava finalizar, mas viu o norte-americano fazer a defesa em todas elas.

Os dois lutadores foram para o ‘tudo ou nada’ no terceiro round. Cansados, eles trocaram golpes na curta distância e promoveram um verdadeiro show ao público presente na Accor Arena. Buckley tirou forças de onde não tinha, foi com tudo para cima e chegou a desferir bons golpes. Porém, ele não teve tempo para nocautear e viu Imavov sair vitorioso nos pontos.

PUBLICIDADE:

Roman Kopylov consegue nocaute arrasador sobre Alessio Di Chirico e alivia situação no Ultimate

R. Kopylov conseguiu o nocaute no UFC Paris. Foto: Reprodução/Instagram

Foi um atropelo. Promessa dos pesos médios (até 83,9kg.), Roman Kopylov venceu, pela primeira vez, e aliviou sua situação no UFC. Já na reta final da luta, o russo aplicou um nocaute arrasador em Alessio Di Chirico, que caiu estatelado no cage. O combate aconteceu no card principal do evento.

Kopylov celebrou com sua equipe, de forma efusiva, o triunfo. Ele ainda agradeceu ao público presente. O russo, agora, soma nove triunfos e dois reveses. Enquanto isso, Di Chirico tem seu cartel atualizado para 13 resultados positivos e sete negativos.

PUBLICIDADE:

William Gomis passa por apuros, mas vence Jarro Errens em estreia no UFC Paris

W. Gomis (dir.) e J. Errens (esq.) travaram duelo de três rounds no UFC Paris. Foto: Reprodução/Instagram

Favorito no combate e atleta da casa, William Gomis sofreu grandes apuros no embate diante de Jarno Errens. O francês, inclusive, chegou a balançar em um dos momentos com um chute alto do rival no segundo round, mas entrou em quedas para poder respirar e neutralizar estilo do adversário. Ele ainda precisou resistir a uma tentativa de triângulo do holandês, mas saiu com os braços erguidos.

Gomis, de 24 anos, passa por seu grande desafio no MMA profissional. Embalado com oito triunfos seguidos, o francês conta com um cartel de dez resultados positivos e dois negativos, além de passagens por Cage Warriors e UAE Warriors. Já Errens debuta com o ‘pé esquerdo’ na organização. O holandês, agora, soma 13 resultados positivos, quatro negativos e um empate.

Nathaniel Wood faz jogo estratégico e bate Charles Jourdain por pontos

N. Wood (dir.) faz jogo estratégico e bate C. Jourdain (esq.) por pontos. Foto: Reprodução/Instagram

Apontada por parte da comunidade do MMA como uma dos candidatas à ‘Luta da Noite’, o duelo entre Charles Jourdain e Nathaniel Wood não decepcionou. Os pesos penas (até 65,7kg.), que são conhecidos por amplas movimentações, entregaram intensidade durante três rounds. O inglês saiu vitorioso na decisão unânime dos juízes.

Wood, agora, emplaca sua segunda vitória seguida – sendo, também, a 19ª na carreira. O inglês também tem outras cinco derrotas. Já Jourdain sofre o segundo revés em série, enquanto soma outros 13 triunfos.

Resultados do UFC Paris

CARD PRINCIPAL

Peso pesado (até 120,2kg.): Ciryl Gane x Tai Tuivasa

Peso médio (até 83,9kg.): Robert Whittaker x Marvin Vettori

Peso médio (até 83,9kg.): Nassourdine Imavov derrotou Joaquin Buckley na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 30-27)

Peso médio (até 83,9kg.): Roman Kopylov derrotou Alessio Di Chirico por nocaute aos 1m09s do R3

Peso pena (até 65,7kg.): William Gomis derrotou Jarno Errens na decisão majoritária dos juízes (29-28, 29-29, 29-28)

Peso pena (até 65,7kg.): Nathaniel Wood derrotou Charles Jourdain na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso médio (até 83,9kg.): Abus Magomedov derrotou Dustin Stoltzfus por nocaute técnico (chute) aos 19s do R1

Peso leve (até 70,3kg.): Nasrat Haqparast derrotou John Makdessi na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso leve (até 70,3kg.):  Fares Ziam derrotou Michal Figlak na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 29-28)

Peso leve (até 70,3kg.): Benoit Saint Denis derrotou Gabriel Miranda por nocaute técnico a 16s do R2

Peso galo (até 61,2kg.): Cristian Quiñonez derrotou Khalid Taha por nocaute técnico a 3m15s do R1

Peso pena (até 65,7kg.): Stephanie Egger finalizou Ailin Perez com um mata-leão a 4m54s do R2

Leia Mais sobre: , , , , , , , , , ,


Resultados do UFC Las Vegas 93 Resultados do UFC Louisville Resultados do UFC 302 Confira todos os resultados do UFC Las Vegas 92 Resultados do UFC St. Louis