Ronda Rousey finaliza Miesha Tate e defende cinturão feminino do UFC

Pela primeira vez lutando além do primeiro round, a campeã encontrou dificuldades no início, mas conseguiu impor seu judô

Ronda Rousey cinturãoFoi mais difícil que o esperado, mas Ronda Rousey conseguiu finalizar Miesha Tate e defender o cinturão feminino do pesos galos. O combate foi a segunda luta mais importante do UFC 168, evento que acontece nesta noite (28), em Las Vegas.

A luta

O combate entre Ronda e Miesha foi cercado de rivalidade e provocações antes do duelo. Mas assim que o gongo soou, a campeã tentou impor seu histórico de ter finalizado todas as suas adversárias com um arm-lock no primeiro round. Porém, Tate estava disposta a quebrar a sequência de rival.

A desafiante mostrou boa defesa dos ataques de finalização e até conseguiu derrubar a rival, que é medalhista olímpica no judô. Miesha ainda acertou bons golpes na trocação, mas, apesar de alguma dificuldade,  a campeã dominou a primeira parcial. Soberana na luta agarrada, Rousey conseguiu belas quedas e controlou o embate no solo.

No segundo round pela primeira vez em sua carreira, Ronda mostrou que não sentiu o ritmo da luta. A campeã dessa vez não quis se arriscar na trocação e trabalhou durante todo o tempo no clinch, em busca da queda. Depois de tentar o arm-lock sem sucesso, Ronda esteve perto de encaixar um triângulo invertido no final do round, mas Tate conseguiu se defender com muita bravura.

Apesar da raça da desafiante,  ela não conseguiu resistir ao terceiro round. Disposta a encerrar a peleja, Rousey encurtou a distância, chegou a queda e começou a caminhar para a finalização. Assim que conseguiu a brecha, Ronda encaixou o já conhecido arm-lock e dessa vez Miesha não conseguiu fazer a defesa.

Ao final mais uma polêmica na rivalidade entre Ronda Rousey e Miesha Tate. Após ser finalizada, a desafiante se levantou e estendeu o braço para que a campeã se ergue-se. Porém, ela virou o rosto e recebeu muitas vaias do público presente no MGM Gran Garden Arena.

“!Primeiramente tenho que parabenizar à Miesha pela luta que ela fez. Mas por tudo que aconteceu não pude cumprimentá-la. Me senti desrespeitada e prometi a minha família que faria isso. Não posso apertar a mão dela agora”, afirmou a campeã.

Confira abaixo os resultados do UFC 168:

Card principal

Chris WeidmanAnderson Silva

Ronda Rousey finalizou Miesha Tate com um arm-lock no R3;

Travis Browne derrotou Josh Barnett por nocaute no R1;

Jim Miller finalizou Fabrício Morango com um arm-lock no R1;

Dustin Poirier derrotou Diego Brandão por nocaute técnico no R1;

Card preliminar 

Uriah Hall derrotou Chris Leben por nocaute no R1;

Michael Johnson derrotou Gleison Tibau por nocaute no R2;

Dennis Siver derrotou Manny Gamburyan na decisão unânime dos juízes;

John Howard derrotou Siyar Bahadurzada na decisão unânime dos juízes;

William Patolino derrotou Bobby Voelker na decisão unânime dos juízes;

Robbie Peralta derrotou Estevan Payan por nocaute no R3;

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments