Demian perde para MacDonald e se afasta de chance por cinturão; Cormier atropela rival | SUPER LUTAS

Demian perde para MacDonald e se afasta de chance por cinturão; Cormier atropela rival

Brasileiro começou bem, mas foi superado na decisão dos juízes; Cormier calou as provocações do rival com nocaute

R. MacDonald (esq.) encara D. Maia (dir.) no UFC 170. Foto: Montagem SUPER LUTAS

R. MacDonald (esq.) derrotou D. Maia (dir.) no UFC 170. Foto: Montagem SUPER LUTAS

O sonho de disputar o cinturão dos meio-médios ficou mais longe para Demian Maia após o UFC 170, evento realizado na noite deste sábado (22), em Las Vegas, nos Estados Unidos. Depois de um bom início de luta, o brasileiro acabou entrando no jogo de Rory MacDonald e acabou derrotado na decisão unânime dos juízes.

A luta

Demian, que entrou no octógono tentando se recuperar do revés diante de Jake Shields, começou com tudo. O paulista logo encurtou a distância, conseguiu a queda e trabalhou com golpes por cima até chegar a montada. Apesar de Maia ficar na posição de superioridade até o final do primeiro round, ele não conseguiu finalizar a disputa.

No segundo assalto, porém, o canadense começou a virar a luta. MacDonald evitou as quedas do brasileiro e trabalhou bem as combinações com golpes de boxe e alguns chutes. Demian parecia ter se perdido na luta e em alguns momentos esteve perto de cair.

Com o duelo empatado, o terceiro round seria o responsável por decidir a luta. E MacDonald foi melhor. Demian até conseguiu derrubar o canadense, mas não conseguiu manter o rival de costas no chão por muito tempo. Rory rapidamente se levantou e voltou a trabalhar com combinações na trocação para vencer na decisão unânime dos juízes com um triplo 29×28,

Cormier atropela rival e estreia com sucesso nos meio-pesados

Patrick Cummins provocou Daniel Cormier antes da luta, afirmando que teria feito o rival chorar durante uma sessão de treinos. Mas dentro do octógono montado no Mandalay Bay Center, ele não conseguiu resistir ao favoritismo de ‘DC’ e caiu em 79 segundos. O vencedor do GP de pesados do Strikeforce debutou em grande estilo na divisão de meio-pesados com um rápido nocaute técnico e já se credencia a disputa do título de Jon Jones.

Visivelmente irritado, Cormier começou a luta com tudo. Daniel logo encurtou a distância e acertou bons golpes de boxe no rival. Cummins ainda tentou levar a luta para o chão em duas oportunidades, mas sem sucesso.

Depois de conectar um potente direto, que levou Patrick ao solo, Cormier chegou as costas e encerrou a disputa com vários socos que forçaram o árbitro Mario Yamazaki a encerrar a disputa com apenas 69 segundos.

Confira abaixo os resultados do UFC 170:

Card principal

Ronda Rousey x Sara McMann

Daniel Cormier derrotou Patrick Cummins por nocaute técnico no R1;

Rory MacDonald derrotou Demian Maia na decisão unânime dos juízes;

Mike Pyle derrotou T.J. Waldburger por nocaute técnico no R3;

Stephen Thompson derrotou Robert Whittaker por nocaute técnico no R1;

Card Preliminar

Alexis Davis derrotou Jessica Eye na decisão dividida dos juízes;

Raphael Assunção derrotou Pedro Munhoz na decisão unânime dos juízes;

Aljamain Sterling derrotou Cody Gibson na decisão unânime dos juízes;

Zach Makovsky derrotou Josh Sampo na decisão unânime dos juízes;

Erik Koch derrotou Rafaello Trator por nocaute técnico no R1;

Ernest Chavez derrotou Yosdenis Cedeno na decisão dividida dos juízes;

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments