Dana adverte Anderson Silva: ‘Se quer ficar no MMA, é bom estar a fim de lutar’

Dirigente não gostou da declaração do brasileiro de que poderia não ter saco para cumprir o restante de seu contrato

Dana White (foto) quer ver o Spider motivado no octógono. Foto: Josh Hedges

Dana White (foto) quer ver o Spider motivado no octógono. Foto: Josh Hedges

Esta cobertura é patrocinada por: Esta cobertura é patrocinada por EVERLAST

Recentemente, o ex-campeão dos médios Anderson Silva, hoje com 39 anos, afirmou que não sabia se “teria saco para cumprir o restante do contrato com o UFC”, que é de mais oito lutas. As palavras não agradaram o presidente do UFC Dana White, que disse entender caso Anderson não queira mais lutar, mas lhe advertiu que para continuar no MMA é preciso dedicação total.

VEJA TAMBÉM: Wanderlei Silva não se arrepende de briga com Sonnen: ‘‘Mostrei que com homem não se brinca’

E MAIS: Belfort desafia Weidman para luta no Brasil: ‘Cadê você? Se prepara, meu irmão!”

Anderson Silva é uma pessoa única para se lidar. Ele já disse que jamais lutaria contra Chael Sonnen novamente, e acabou lutando. Se ele disse que pode não cumprir seu contrato se não estiver a fim de lutar, é uma decisão pessoal dele. Mas, se ele quer estar neste negócio, no MMA, é bom ele estar a fim de lutar”, disse o dirigente em entrevista ao programa “FOX Sports Live”, na TV a cabo norte-americana.

LEIA: Barão se vê superior a Dillashaw: ‘Se me derrubar, tem grande risco de ser finalizado’

No UFC desde 2006, Anderson Silva tem o retrospecto de 16 vitórias e apenas duas derrotas na organização. O Spider detém o recorde de defesas de cinturão consecutivas no Ultimate, com dez triunfos sobre desafiantes. Em julho do ano passado, Anderson perdeu o título da categoria até 84 kg para Chris Weidman e em dezembro do mesmo ano foi novamente derrotado pelo norte-americano. Na revanche, o Spider fraturou a perna esquerda, lesão da qual já está completamente recuperado, e não atua desde então.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments