Sonnen rouba a cena em coletiva e detona Wand : ‘Vou te dar uma surra’

Rivais quase chegaram às vias de fato após a coletiva de imprensa do UFC 175

C. Sonnen atacou Wanderlei durante coletiva em Las Vegas. Foto: Reprodução/YouTube

C. Sonnen atacou Wanderlei durante coletiva em Las Vegas. Foto: Reprodução/YouTube

Esta cobertura é patrocinada por: Esta cobertura é patrocinada por EVERLAST

Quem assistiu ao The Ultimate Fighter Brasil 3 pode ter estranhado a postura de Chael Sonnen durante o reality show. Muito mais comedido que o usual e até chegando a inverter os papéis na rivalidade com Wanderlei Silva e assumir a condição de “bom sujeito”, como no episódio em que brigou com o brasileiro na gravação do programa. Mas parece que este Chael ficou para trás. Tão logo os holofotes do combate contra Wanderlei foram acesos, o notório falastrão voltou à tona. Nesta sexta-feira (23), durante coletiva de imprensa para promover o UFC 175, Sonnen simplesmente roubou a cena com suas tiradas de humor e provocações ao “Cachorro Louco”.

Ao ser perguntado sobre como se sentia com a inversão de papéis no TUF e o fato de ter se tornado o “mocinho” para o público brasileiro, o norte-americano não titubeou. “Eu não gosto!”, disparou. “Os brasileiros foram meus cúmplices. Eu queria enfrentar Anderson Silva e na época daquela turnê promocional, eles também queriam o mesmo. E eu acho que eventualmente eles chegaram a essa conclusão. Mas o que eu realmente quero que vocês entendam é que no dia 5 de julho e no dia 6 de julho, o maior UFC de todos os tempos no maior fim de semana de lutas em todos os tempos, vai ser encabeçado pelo “primeiro e único”. E eu gostaria de agradecer Chris (Weidman) e Ronda (Rousey) por proporcionarem um bis para o evento principal”, completou.

O clima hostil a Wanderlei se estendeu aos fãs presentes. Um deles questionou Sonnen o que ele faria com o rival no UFC 175, provocando o “Cachorro Louco” ao se referir a ele como Cris Cyborg (em menção a uma declaração de Dana White comparando os dois fisicamente). Chael não deixou por menos. “Eu posso dizer, eu vou te dar uma surra! Quanto mais ele fala, mais me faz pensar que não vai aparecer. Toda vez em que ele está mais humilde, eu acho que está próximo de assinar o contrato. Mas, você sabe, geralmente ele faz aumentar sua confiança quando tem mais gente ao seu redor. Mas eu posso te dizer: Eu estarei lá no dia 5 de julho, eu vou estar encabeçando o evento com o bis vindo logo em seguida, e no dia seguinte teremos um dos maiores lutadores de todos os tempos, Frankie Edgar, contra o duas vezes campeão mundial B. J. Penn. Dois shows, um fim de semana”, disse, em tom de promoção.

Mas o discurso provocativo de Chael não parou por aí. Questionado sobre como começou sua rivalidade com Wanderlei Silva, o falastrão voltou a atacar o brasileiro. “Começou com um pouco de inveja. Eu lutava em qualquer lugar que tinha chance e via esse idiota vindo do Japão e usando seu cinturão. E eu pensava: ‘Eu vou acabar com a raça desse cara. Ele jamais seria campeão se eu tivesse lutado no PRIDE’. E eu não tive oportunidade. Dizem que você deve sempre estudar seu oponente, saber o que ele está pensando. Eu sei exatamente o que ele está pensando, eu sei o que ele está pesando agora mesmo. Ele está sentando e se perguntando: ‘Ah, existe algum número maior do que onze?!'”, concluiu.

No fim da entrevista coletiva, o norte-americano ainda foi surpreendido por um fã. Apesar de usar uma camiseta de Ronda Rousey, ele carregava um livro sobre a vida de Sonnen e protagonizou um verdadeiro espetáculo em homenagem ao ídolo. Chamado por Dana White de “Chael Sonnen Junior”, o jovem declamou uma série de rimas sobre Chael, com diversos trechos de frases célebres do lutador, como: “quando você é o melhor lutador do mundo, eles não te chamam de ‘melhor lutador do mundo’, te chamam de Chael Sonnen’. Ao término da performance, o fã foi aplaudido pelo público, saudado pelos demais lutadores e recebeu o carinho do próprio Sonnen.

No próximo dia 5 de julho, em Las Vegas (EUA), toda tensão e rivalidade entre Wanderlei Silva e Chael Sonnen vai ser levada para dentro do octógono. Na data, os treinadores do TUF Brasil 3 vão finalmente se enfrentar, no card principal do UFC 175. Na luta principal da noite, o campeão dos médios Chris Weidman põe seu título em jogo contra o desafiante brasileiro Lyoto Machida. No evento co-principal, Ronda Rousey defende o cinturão da categoria peso galo feminina contra Alexis Davis.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments