Gustafsson promete evolução em revanche contra Jones: ‘Sou melhor agora’

Sueco participou de um bate-papo com seus fãs em uma rede social e fez também diversas revelações pessoais

A. Gustafsson (foto) vai reencontrar Jones no octógono pelo cinturão dos meio-pesados. Foto: Josh Hedges/UFC

A. Gustafsson (foto) vai reencontrar Jones no octógono pelo cinturão dos meio-pesados. Foto: Josh Hedges/UFC

O sueco Alexander Gustafsson chocou o mundo do MMA em setembro do ano passado ao proporcionar a luta mais dura da carreira do campeão dos meio-pesados Jon Jones e castigá-lo como nunca havia acontecido antes. Apesar da boa atuação, “The Mauler”, como é conhecido, acabou derrotado na decisão dos juízes e refez seu caminho até o cinturão novamente nos últimos meses. Com a revanche contra Jones já assegurada e agendada a priori para o UFC 177, no próximo dia 30 de agosto, Gustafsson garantiu que vai se apresentar ainda melhor na nova disputa de cinturão.

“Acho que sou um lutador muito melhor agora, comparado a quando lutei com Jones pela primeira vez. Em todos os aspectos”, afirmou o sueco, em bate-papo com os fãs na rede social “reddit”. Gustafsson também comentou sobre a sucessão de dedos nos olhos envolvendo Jon Jones no octógono. “Eu não acho que ele acerte o dedo nos olhos dos outros de propósito, mas uma, duas, três vezes é algo que ele precisa parar de fazer”, ponderou, Alexander.

Entre outras resposta não voltadas para o duelo contra Jones, Gustafsson confidenciou que seu lutador favorito de todos os tempos é Fedor Emelianenko, que gostaria de ser interpretado no cinema pelo ator Peter Dinklage (o anão Tyrion Lannister da série “Game of Thrones”), que ficou bastante impressionado com a vitória de T. J. Dillashaw sobre Renan Barão e que considera sua estreia no octógono como o momento mais importante de sua carreira no UFC até hoje. Aos 27 anos, Alexander Gustafsson tem um cartel de 17 vitórias e duas derrotas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments