Wanderlei está fora de luta contra Sonnen e Vitor Belfort o substitui

Ex-campeão do PRIDE não compareceu para fazer exames obrigatórios e, assim, não recebeu a licença para lutar

Wand (foto) encara Sonnen na luta co-principal do UFC 173, em maio. Foto: Josh Hedges/UFC

Wand (foto) não poderá enfrentar Sonnen no UFC 175. Foto: Josh Hedges/UFC

Uma grande bomba promete agitar o mundo do MMA nos próximos dias. Wanderlei Silva está fora de sua luta contra Chael Sonnen, que aconteceria no UFC 175, no dia 5 de julho. Mais: seu substituto seria Vitor Belfort, que finalmente conseguiria voltar a atuar na cidade de Las Vegas (EUA), onde acontecerá o evento. A informação foi apurada pelo site do canal Combate.

LEIA TAMBÉM:
Vitor Belfort pede e irá treinar com Jon Jones
– Time de TJ provoca e coloca Barão em seminário
– Sonnen culpa Wanderlei por briga no TUF

Segundo a publicação, Wanderlei não compareceu à convocação da Comissão Atlética do Estado de Nevada (NSAC), órgão regulamentador do evento, para prestar exames de rotina, ao contrário do que fez Sonnen e os demais lutadores.

Assim, a NSAC não concedeu ao ex-campeão do PRIDE licença para que pudesse participar do evento, sendo que Belfort se tornou seu substituto imediato. O caso teria repercutido muito mal dentro do UFC, sendo que há, inclusive, a possibilidade de rescisão do contrato de Wanderlei devido ao episódio. O UFC ainda não se manifestou oficialmente sobre o caso.

Caso a situação se confirme, Belfort voltará a lutar pela primeira vez desde o banimento da terapia de reposição de testosterona (TRT), da qual era adepto. Curiosamente, o retorno às lutas se daria no mesmo evento em que Chris Weidman defenderá seu título contra Lyoto Machida – Belfort, inicialmente, era o desafiante do norte-americano, mas foi retirado do combate, que aconteceria originalmente em maio, após a proibição da TRT.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments