Vídeo: Demian Maia minimiza pressão e quer evitar ‘erros psicológicos’ contra russo

Paulistano encara Alexander Yakovlev neste sábado (31), no TUF Brasil 3 Final

D. Maia (foto) vem de duas derrotas consecutivas. Foto: Bruno Ferreira/SUPER LUTAS

D. Maia (foto) vem de duas derrotas consecutivas. Foto: Bruno Ferreira/SUPER LUTAS

Após duas derrotas consecutivas no UFC, Demian Maia, que já esteve próximo até de uma disputa de cinturão na categoria de pesos meio-médios, já não vive uma situação tão confortável na organização. Mesmo assim, o brasileiro minimizou a pressão para o combate diante de Alexander Yakovlev, no TUF Brasil 3 Final, neste sábado (31). Em entrevista ao SUPER LUTAS, Demian também afirmou que quer evitar o que considera como alguns “erros psicológicos” cometidos nos revezes diante de Jake Shields e Rory MacDonald.

“Eu acho que foram muitas coisas psicológicas (que me atrapalharam). Eu estava muito preparado para as duas lutas, mas algumas coisas que fizeram sair do trilho. A luta contra o Jake (Shield) eu sempre falo que eu acho que ganhei aquela luta. Aquela decisão dividida, eu não concordo. Mesmo assim, talvez eu pudesse ter feito mais algumas coisas para deixar mais claro isso, e não ter dado margem para o que eu considero um erro. A luta contra o Rory (MacDonald) foi uma luta duríssima, mas eu também acho que cometi alguns erros. Eu comecei muito bem e acredito que no segundo round eu cometi alguns erros, de parte psicológica e de ansiedade para resolver logo”, avaliou o lutador.

Neste sábado (31), Demian Maia tenta reencontrar o caminho das vitórias contra o russo Alexander Yakovlev. O confronto é o segundo da programação do card principal do evento. No combate principal, Fábio Maldonado sobe para a categoria de pesos pesados e encara o norte-americano Stipe Miocic. Além disso, a noite de lutas também recebe com as finais do TUF Brasil 3: Warlley Alves x Márcio Lyoto, pelos médios, e Vitor Miranda x Antônio Cara de Sapato, entre os pesos pesados.

Confira abaixo a entrevista de Demian Maia ao SUPER LUTAS:

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments