Marcio Lyoto aposta em paciência e movimentação para derrotar Warlley na final do TUF

Totalmente recuperado de lesão, catarinense conta que Chael Sonnen convenceu produtores a não eliminá-lo do programa

Lyoto (foto) fará a final do TUF contra Warlley. Foto: Lucas Carrano/SUPER LUTAS

Lyoto (foto) fará a final do TUF contra Warlley. Foto: Lucas Carrano/SUPER LUTAS

Marcio Alexandre Lyoto acredita que paciência será um fator fundamental para a conquista do título da temporada do TUF Brasil 3 na categoria dos médios. Neste sábado (31), o lutador enfrenta Warlley Alves na grande final do torneio, que será realizada no Ginásio do Ibirapuera em São Paulo (SP).

Warlley, companheiro de Lyoto na equipe de Chael Sonnen, foi um dos grandes destaques da edição. Em entrevista exclusiva ao SUPER LUTAS, o catarinense afirmou que já tem na cabeça a estratégia ideal para conquistar a vitória. “Nas lutas dele com o Marmota e com o Wagnão, não deu para ver muita coisa, porque foram lutas muito rápidas. A luta que deu para estudá-lo bastante foi contra o Wendell Negão, que fez com que ele entrasse na casa. Eu acho que o caminho vai ser a paciência, esperar o momento certo para conectar os golpes. Ele vai vir agressivo, mas vou tentar manter a distância, fazer ele cansar um pouco e impor o meu jogo. Quem definir a melhor estratégia vai conseguir vencer”, explicou o lutador.

Lyoto passou boa parte de seu período na casa tendo de lidar com uma lesão no pé esquerdo, o que o atrapalhou para soltar o seu jogo. Desta vez, já recuperado, o lutador espera apresentar uma performance ainda mais eficiente na decisão. “Estou 100% recuperado, com preparo 100%, pronto para fazer três rounds intensos nessa luta. O que vai fazer a diferença é a minha movimentação. Como meu pé está bom, vou conseguir me movimentar bem para essa luta”, comentou.

CONFIRA TAMBÉM:
VÍDEO: Warlley projeta ‘melhor luta da temporada’ contra Marcio Lyoto
VÍDEO: Finalista do TUF nos pesados, Cara de Sapato cogita lutar até como peso médio
VÍDEO: Vitor Miranda comemora estreia no UFC ao lado de Maldonado: ‘É um sinal divino’

O atleta afirmou que a lesão foi séria a ponto de fazer com que os produtores do programa cogitassem a sua saída. Quem salvou a sua pele foi seu treinador, Chael Sonnen, que pediu para que dessem uma chance à recuperação de Lyoto. “Quando machuquei meu pé, inchou muito. O pessoal da produção achou que eu não iria conseguir me recuperar para fazer a segunda luta, no caso a semifinal. Corri o risco de sair do programa. Fiquei sabendo depois que chegaram a ligar para um outro atleta para que ele se preparasse, pois eu poderia sair. Naquele momento quem ajudou foi o Chael Sonnen, que falou que eu ia me recuperar. Eu não tinha quebrado nada, era só uma luxação. Passei uns dias de tensão, mas graças a Deus não foi nada de mais”, detalhou.

A luta entre Marcio Lyoto e Warlley Alves faz parte do card principal do TUF Brasil 3 Final, que também tem a presença de Vitor Miranda x Antonio Carlos Cara de Sapato, Demian Maia x Alexander Yakovlev, Rony Jason x Robbie Peralta e Fabio Maldonado x Stipe Miocic.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments