Jones insiste e diz que Cormier, e não Gustafsson, merecia ser o próximo desafiante

Contudo, campeão do UFC reconhece que preferência dos fãs por Gustafsson tem mais peso que sua opinião

Primeiro duelo entre Jones (esq.) e Gustafsson (dir.) foi a "Luta do ano de 2013". Foto: Josh Hedges/UFC

Primeiro duelo entre Jones (esq.) e Gustafsson (dir.) foi a “Luta do ano de 2013”. Foto: Josh Hedges/UFC

Depois de muita controvérsia, a revanche entre Jon Jones e Alexander Gustafsson está oficialmente marcada para o dia 27 de setembro deste ano. Porém, o campeão do UFC voltou a mostrar insatisfação com a escolha de seu próximo desafiante.

Em entrevista ao programa “America’s Pregame”, do canal norte-americano “FOX Sports”, Jones foi questionado sobre quem ele acreditava ser o lutador que mais merecia a chance de disputar o cinturão. A resposta foi direta: “Diria que Daniel Cormier tem mais feitos e o melhor cartel. Ele é invicto e já bateu antigos campeões antes. Ele era campeão no Strikeforce. Então, eu diria Cormier”, declarou.

Contudo, Jones reconheceu que sua opinião não tem muito peso na escolha feita pelo UFC. “Acho que os fãs queriam me ver lutar com Alexander, então isso é o que mais importa”, completou.

O combate ainda não tem local para acontecer. O UFC declarou que considera três locais para a disputa, mas Jones descartou sua realização na Suécia.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments