Michel Pereira estreia no peso médio no UFC Las Vegas 81: relembre os melhores momentos do brasileiro no Ultimate

Xodó da torcida tupiniquim, lutador enfrenta Andre Petroski em compromisso que marca nova fase no MMA

M. Pereira deu show contra Z. Imadaev no UFC Las Vegas 9. Foto: Reprodução/Facebook @ufc

Xodó da torcida brasileira, Michel Pereira fará sua estreia entre os médios (até 83,9kg.) do Ultimate. Destaque no UFC Las Vegas 81, o ‘Paraense Voador’ será adversário de Andre Petroski, que, de última hora, topou o desafio de substituir Marc-André Barriault.

Após trajetória sólida nos meio-médios (até 77,1kg.), que renderam posição de destaque ao brasileiro no top 15, o brasileiro optou por subir de divisão para minimizar eventuais problemas no corte de peso. A decisão foi tomada após falha no compromisso com a balança nas vésperas do embate decisivo contra Stephen Thompson, que custou ao tupiniquim sua participação no UFC 291.

PUBLICIDADE:

Para entrar no clima da primeira apresentação de Pereira na temporada 2023, a equipe do SUPER LUTAS selecionou os melhores momentos de Michel com as luvas do Ultimate. Confira:

Da emoção ao show na estreia

M. Pereira em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Facebook @ufc

PUBLICIDADE:

Em 18 de maio de 2019, os fãs de MMA foram apresentados a Michel Pereira. Estreante no UFC, o brasileiro dividiu o octógono com Danny Roberts.

Momentos antes do confronto, quando os amplificadores reproduziam sua música de entrada, o paraense não conteve a emoção e chorou copiosamente na realização do sonho. No momento em que a luta foi iniciada, a comoção deu lugar a um show. Com performance apoteótica, Pereira levou a vitória com nocaute ainda no primeiro round.

Vingança em grande estilo

M. Pereira (dir.) derrotou Z. Imadaev (esq.) no UFC Las Vegas 9. Foto: Reprodução/Facebook @ufc

Contrariando a filosofia de ‘Seu Madruga’, folclórico personagem do seriado ‘Chaves’, Michel Pereira protagonizou uma vingança plena no octógono em 2020. Vítima de um tapa na cara de Zelim Imadaev na encarada ocorrida na véspera do desafio, o brasileiro devolveu a agressão em grande estilo, e nas regras do MMA.

Na luta, o paraense promoveu uma das performances mais dominantes do Ultimate naquela temporada. Sem tomar conhecimento do oponente, o tupiniquim não só devolveu o tapa na cara recebido, como triunfou via finalização no terceiro round.

Nas imagens (veja abaixo), reunidas pelo perfil ‘@vishsports’, no Twitter, é possível acompanhar o massacre aplicado pelo brasileiro.

Mais lutas, mais experiência

M. Pereira superou K. Williams no UFC Las Vegas 17. Foto: Reprodução/Instagram

Depois de passar por Imadaev, Pereira acabou amargando duas derrotas seguidas. Para não correr riscos de ser inserido na temida lista de dispensa, o paraense provou que seria possível combinar seu estilo de luta de teatral com a seriedade exigida por parte dos fãs, dosando as duas valências.

No novo perfil, Khaos Williams acabou se tornando a primeira vítima de Michel. Adotando postura vezes conservadora e vezes cinematográfico, o brasileiro conseguiu vencer, nos pontos, e entreter os espectadores. A nova versão do lutador, então, seria a vista nos próximos desafios.

Destaque nos meio-médios

M. Pereira em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução / Facebook @ufc

Depois de passar por Williams, Michel teve outros três compromissos de peso. Entre 2021 e 2022, o tupiniquim bateu Andre Fialho, Niko Price, mas foi o desafio contra Santiago Ponzinibbio que garantiu a Pereira um lugar no top 15 dos meio-médios.

Diante do ‘Argentino Gente Boa’, o tupiniquim não teve vida fácil, mas superou a experiência e rodagem de um oponente que, por anos, foi referência na categoria. Após vencer por pontos, o atleta, enfim, chegava à elite do grupo.

Banho de água fria

M. Pereira (foto) derrotou A. Fialho no UFC 270. Foto: Reprodução/Instagram

Embora as vitórias nos anos anteriores tenham dado notoriedade a Michel Pereira, o corte de peso para os meio-médios sempre foi uma ‘pedra no sapato’ para o brasileiro. Os problemas chegaram ao limite nas vésperas do UFC 291, quando, na reta final de preparação para o maior desafio de sua carreira, o lutador não cumpriu o compromisso com a balança e acabou retirado do embate contra Stephen Thompson.

Fora de ação, o tupiniquim foi alvo de críticas por parte dos fãs, imprensa e companheiros de profissão. O tropeço determinou a decisão de Pereira a migrar para o peso médio e o desafio no UFC Las Vegas 81 marcará o pontapé inicial na nova jornada do xodó.

Ficha técnica do UFC Las Vegas 81

Data: 14 de setembro de 2023

Horário: 17h (horário de Brasília)

Local: UFC Apex, Las Vegas, Estados Unidos

Como assistir: SUPER LUTAS AO VIVO em tempo real, UFC Fight Pass (todo o card) pela internet e TV Bandeirantes (card principal)

CARD PRINCIPAL

Peso pena (até 65,7kg.): Sodiq Yusuff x Edson Barboza

Peso mosca (até 56,7kg.): Viviane Araújo x Jennifer Maia

Peso galo (até 61,2kg.): Jonathan Martinez x Adrian Yanez

Peso médio (até 83,9kg.): Michel Pereira x Andre Petroski

Peso casado (59kg): Edgar Chairez x Daniel Miojo

Peso galo (até 61,2kg.): Christian Rodriguez x Cameron Saaiman

CARD PRELIMINAR

Peso pena (até 65,7kg.): Darren Elkins x TJ Brown

Peso galo (até 61,2kg.): Tainara Lisboa x Ravena Oliveira

Peso leve (até 70,3kg.): Terrance McKinney x Brendon Marotte

Peso galo (até 65,7kg.): Irina Alekseeva x Melissa Dixon

Peso galo (até 65,7kg.): Alateng Heili x Chris Gutierrez

Peso palha (até 52,1kg.): Ashley Yoder x Emily Ducote

Leia Mais sobre: , , , , , , , ,


Resultados do UFC 300 Resultados do UFC Las Vegas 90 Resultados do UFC Atlantic City Resultados do UFC Las Vegas 89 Resultados do UFC Las Vegas 88