Amanda Nunes começa bem, mas perde para Zingano; Dominick Cruz volta avassalador no UFC 178

Brasileira venceu o primeiro round, mas foi dominada no segundo e nocauteada na terceira parcial; Cruz vence e quer cinturão de volta

Cat-ZinganoSuperação é a palavra que melhor define a norte-americana Cat Zingano. A lutadora, que perdeu a chance de disputar o cinturão feminino do UFC por conta de uma lesão, teve que conviver logo em seguida com o suicídio do marido, o brasileiro Maurício Zingano. Em sua primeira luta após as fatalidades, Cat também teve que superar um início avassalador da brasileira Amanda Nunes para virar a luta e vencer por nocaute técnico no terceiro round.

O combate entre Amanda e Zingano abriu o card principal do UFC 178, evento realizado na noite deste sábado (28), em Las Vegas. Em outra luta de destaque dos combates preliminares, Dominick Cruz mostrou que o longo tempo afastado do octógono não pesou e que pode voltar ao reinado na divisão de galos ao nocautear Takeya Mizugaki em apenas um minuto.

PUBLICIDADE:

MAIS UFC 178:

– McGregor vence e desafia José Aldo para grande luta em estádio
– Demetrious finaliza Cariaso e defende cinturão dos moscas
Sonho de consumo do UFC, Eddie Alvarez estreia com derrota

PUBLICIDADE:

Amanda começa bem, mas cai diante de Zingano

Conhecida por suas habilidades no jogo de quedas, Zingano foi surpreendida por Amanda Nunes e caiu por baixo na luta de solo. A brasileira teve que se defender de uma chave de braço, mas, após estabilizar a posição, aplicou vários golpes por cima na rival.

PUBLICIDADE:

Amanda abriu frente no round e só perdeu a posição de superioridade depois de tentar encerrar a peleja com uma chave de perna.

PUBLICIDADE:

No segundo round, porém, Zingano começou a mudar a história da luta. Com Amanda Nunes visivelmente cansada, a norte-americana dominou o pescoço da atleta baiana e aplicou uma bela queda de sacrifício. Por cima, Cat aplicou golpes e empatou a peleja.

Com um assalto para cada lutadora, a terceira parcial seria o responsável por definir a vencedora. E foi Cat Zingano quem conseguiu se sobressair.

Assim como fez no segundo round, Zingano dominou o pescoço de Amanda e conseguiu uma linda queda de sacrifício. Por cima, Cat avançou as posições, chegou a montada e com vários socos forçou o árbitro a interromper a luta e decretar o nocaute técnico.

Dominick Cruz não sente tempo parado e atropela japonês

Nem mesmo os três anos afastado do octógono pesaram para Dominick Cruz. O ex-campeão dos pesos galos mostrou que está totalmente recuperado da lesão no joelho e tem totais condições de recuperar o título da divisão de até 62 kg – título que foi tirado dele por ter ficado afastado das competições desde 2011. Diante de Takeya Mizugaki, o ‘Dominador’ fez valer o apelido e precisou de apenas 61 segundos para nocautear o japonês.

Assim que a luta começou, Cruz mostrou a já conhecida movimentação para confundir o adversário. Mizugaki tentou trabalhar com golpes de encontro, mas todos passaram no vazio. Já Dominick fintou com golpes de mão e entrou com uma queda certeira.

No chão, o ex-campeão colocou o japonês contra as grades, prendeu um dos braços de Mizugaki e com um arsenal de socos forçou o árbitro Chris Tognoni a decretar o nocaute técnico.

Confira abaixo os resultados do UFC 178

Card principal
Demetrious Johnson finalizou Chris Cariaso com uma Kimura no R2;
Donald Cerrone derrotou Eddie Alvarez na decisão unãnime dos juízes;
Conor McGregor derrotou Dustin Poirier por nocaute técnico no R1;
Yoel Romero derrotou Tim Kennedy por nocaute técnico no R3;
Cat Zingano derrotou Amanda Nunes por nocaute técnico no R3;

Card preliminar
Dominick Cruz derrotou Takeya Mizugaki por nocaute técnico no R1;
Jorge Masvidal derrotou James Krause na decisão unânime dos juízes;
Stephen Thompson derrotou Patrick Côté na decisão unânime dos juízes;
Brian Ebersole derrotou John Howard na decisão dividida dos juízes;
Kevin Lee derrotou John Tuck na decisão unânime dos juízes;
Manny Gamburyan finalizou Cody Gibson na decisão unânime dos juízes;

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?

Comentários

Deixe um comentário