Conor McGregor vence mais um e desafia José Aldo para grande luta: ‘Pode ser em um estádio’

Polêmico irlandês fez valer a fama de 'novo Chael Sonnen' e mostrou que além de provocar, sabe lutar muito bem

C. McGregor (foto) está invicto no UFC em três lutas. Foto: Josh Hedges/UFC

C. McGregor (foto) está invicto no UFC e já pensa em luta contra J. Aldo. Foto: Josh Hedges

O irlandês Conor McGregor fez valer a fama de ‘novo Chael Sonnen’ no UFC 178.  O peso pena deu entrevistas polêmicas, provocou o rival e chamou todas as atenções do show para si mesmo. No octógono ele fez jus a tudo que prometeu na promoção da luta, não tomou conhecimento de Dustin Poirier e nocauteou o rival em apenas 1m46s. Depois de comemorar o triunfo, o polêmico irlandês pegou o microfone de Joe Rogan, repórter oficial do evento, e desafiou o campeão José Aldo para uma luta no estádio de futebol.

A luta

Antes mesmo da luta começar Conor McGregor já mostrou sua fama de polêmico. Enquanto o árbitro central, Herb Dean, passava as instruções para o início do duelo, ele levou a mão próxima ao rosto de Poirier e o chamou para a briga. O norte-americano parece não ter gostado e Dean mandou os atletas recuarem.

Assim que a luta realmente começou, McGregor não perdeu tempo e foi logo para cima. Ele acertou alguns chutes baixos combinando com golpes de boxe. Sem confiança, Poirier parecia começar a se soltar na luta depois do primeiro minuto quando foi pego.

Conor McGregor acertou um gancho de esquerda e o norte-americano dobrou o joelho. A partir daí, o irlandês disparou um arsenal de golpes até o árbitro interromper o combate e decretar o nocaute técnico a favor do polêmico peso pena.

“Eu não só os nocauteio, eu escolho o round. O que esses caras não entendem, é que antes deles serem acertados por mim, não sabem o que é isso. Eu vou nocautear todos eles no primeiro round, podem vir. Os lutadores de MMA tem movimentações parecidas, ninguém se move como eu, eu procuro ângulos diferentes e esse é o novo jeito de lutar. A nova forma de lutar é irlandesa. Sabia que ele não tinha tomado golpes como os meus, ele é um grande lutador, também estava focado, mas quando os pesos penas são acertados por mim, provam uma sensação diferente”, disparou McGregor antes de desafiar José Aldo.

“Vocês sabem o que vem agora? Eu vou para o Brasil. Quando o Aldo eliminar o (Chad) mini-Mendes, vamos fazer Aldo x McGregor. Pode ser em qualquer lugar, pode ser no Brasil ou em um estádio de futebol na Irlanda! Vamos à guerra”, provocou.

Confira abaixo os resultados do UFC 178

Card principal
Demetrious Johnson finalizou Chris Cariaso com uma Kimura no R2
Donald Cerrone derrotou Eddie Alvarez na decisão unãnime dos juízes;
Conor McGregor derrotou Dustin Poirier por nocaute técnico no R1;
Yoel Romero derrotou Tim Kennedy por nocaute técnico no R3;
Cat Zingano derrotou Amanda Nunes por nocaute técnico no R3;

Card preliminar
Dominick Cruz derrotou Takeya Mizugaki por nocaute técnico no R1;
Jorge Masvidal derrotou James Krause na decisão unânime dos juízes;
Stephen Thompson derrotou Patrick Côté na decisão unânime dos juízes;
Brian Ebersole derrotou John Howard na decisão dividida dos juízes;
Kevin Lee derrotou John Tuck na decisão unânime dos juízes;
Manny Gamburyan finalizou Cody Gibson na decisão unânime dos juízes;

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments