Ex-atleta do UFC, Corey Anderson rebate provocações de Joe Rogan: ‘Fama não paga contas’

O antigo porteiro do peso médio citou as dificuldades financeiras que enfrentou quando atuava no Ultimate e que só pode se dedicar 100% ao MMA quando assinou contrato com o Bellator

C. Anderson em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução / Facebook @ufc

Ex-atleta do UFC, o norte-americano Corey Anderson rebateu as provocações de Joe Rogan sobre atletas que atuam fora da maior organização de MMA do mundo. O antigo destaque do peso médio (até 83,9kg) reconheceu que quem atua no Ultimate fica mais famoso e com mais visibilidade na mídia, mas, contou um pouco da sua trajetória na empresa e afirmou que só passou a viver apenas do esporte quando assinou contrato com o Bellator.

Veja Também

Islam Makhachev é campeão do UFC. Foto: Reprodução/Instagram/@ufc

“Vocês sabem que eu amo Joe (Rogan). Mas falo como alguém que passou sete anos no UFC e saiu como #4 do ranking do peso médio. Os fãs me vendo lutar não foi suficiente para pagar contas ou mesmo começar a preparar minha família para um futuro. Minha esposa e eu tivemos que ter empregos para poder pagar as contas entre as lutas, até eu chegar no Bellator. Eu sempre digo ‘Ganho mais dinheiro no Bellator’. Bem, na minha última luta no UFC eu estava no top-5 e minha bolsa não chegou nem perto de 6 dígitos Isso seria mais ou menos 100 mil. Depois de sete anos, 15 lutas, 13 adversários, estar top 15 e estar no top-10 no meu primeiro ano. Na minha luta de estreia eu fiz 16 mil(de bolsa). Era um inferno, até para ir no podcast do Joe Rogan, eu tinha dificuldade de encontrar alguém para me cobrir no trabalho. No entanto, na minha primeira luta no Bellator eu fiz 5 vezes mais e consegui livrar minha esposa de um emprego e focar totalmente na minha carreira como lutador pela primeira vez. Então, se você quer fãs e estrelato… Sim, você tem mais chances no UFC. Mas se você quer ganhar dinheiro… Teste o mercado e vá onde o dinheiro está. A FAMA NÃO PAGA CONTAS… O DINHEIRO PAGA!”, escreveu Anderson.

PUBLICIDADE:

Corey atuou no UFC entre 2014 e 2020 e saiu da empresa com um retrospecto de 10 vitórias e cinco derrotas, sendo considerado por muito tempo, uma espécie de ‘porteiro’ da divisão. Porém, Anderson renasceu desde sua chegada ao Bellator e em seis lutas, conquistou quatro vitórias, uma derrota e um empate. O revés sofrido foi para o campeão dos meio-pesados (até 93kg) Vadim Nemkov, em novembro de 2022.

Os salários milionários de Bambam e Popó + Vitor Belfort esnobado

Leia Mais sobre: , , , ,


Resultados do Fight Music Show 4 Resultados do PFL x Bellator Resultados do UFC 298 Resultados do UFC Las Vegas 86 Resultados do UFC 297