Borrachinha nega ter assinado contrato para enfrentar Whittaker e provoca Chimaev: “Não convenceu ninguém”

Brasileiro mostra cotovelo que o afastou do octógono e diz que queria enfrentar o checheno antes do ex-campeão dos médios

Paulo Borrachinha é destaque brasileiro no UFC. Foto/Reprodução/Twitter/UFCBrasil

Paulo Borrachinha é destaque brasileiro no UFC. Foto/Reprodução/Twitter/UFCBrasil

Paulo Borrachinha, que está prestes a enfrentar o ex-campeão Robert Whittaker no UFC 298, revelou em uma entrevista que ainda não assinou o contrato para a luta e tentou remarcar o duelo com Khamzat Chimaev, seu antigo adversário.

Em entrevista ao programa The MMA Hour, o mineiro disse que não ficou impressionado com a vitória de Chimaev sobre Kamaru Usman, que lhe rendeu a posição confortável ao título dos pesos médios (até 83,9kg.). Ele não acha que o lutador mereça ser o desafiante na divisão e que pediu ao UFC para remarcar a luta, mas recebeu a resposta de que o checheno não iria lutar até junho ou julho.

PUBLICIDADE:

Veja Também

I. Makhachev posa ao lado de C. Do Bronx após o UFC 280. Foto: Reprodução/Instagram
Amigo de Volkanovski, Adesanya se choca com nocaute de Makhachev no UFC 294. Foto: Reprodução/YouTube
Robelis Despaigne é o novo contratado do UFC. Foto: Reprodução/Instagram/thebigboyufc

“Eu tentei. Eu tentei. Eu não pude lutar, ele (Khamzat Chimaev) enfrentou Kamaru Usman e venceu, mas não convenceu ninguém. Não acho que ele seja o lutador que merece ser desafiante. Falei com o UFC para remarcarem a luta, mas me disseram que ele não vai lutar até junho ou julho. Não sei o motivo. Então, eles me ofereceram o Rob e eu aceitei”, disse Borrachinha.

O mineiro, que é o sexto colocado no ranking dos pesos médios, também revelou que ainda não assinou o contrato para enfrentar Whittaker. Borrachinha disse que está esperando o e-mail do UFC e que está pronto para lutar em Anaheim, na Califórnia, onde será realizado o UFC 298, no dia 17 de fevereiro.

PUBLICIDADE:

“Eu não assinei ainda. Eles ainda não me mandaram o e-mail. Estou esperando o e-mail. Não sei o que aconteceu, mas estou ok para lutar em Anaheim. Gosto das pessoas da Califórnia. Vamos ver o que acontece. Se eu vencer a luta, espero que consiga ser o próximo desafiante. Rob vem de derrota, mas acho que posso ser credenciado a isso”, concluiu.

O brasileiro não luta desde agosto de 2022, quando venceu o ex-campeão Luke Rockhold por nocaute técnico. Antes disso, ele havia perdido para Israel Adesanya e Marvin Vettori. Agora, ele busca se recuperar e voltar à rota do título.

PUBLICIDADE:

O UFC 298 terá como luta principal a defesa de cinturão dos pesos-penas (65,7 kg.) entre o campeão Alexander Volkanovski e o desafiante Ilia Topuria.

Leia Mais sobre: , , , , ,


Resultados do UFC 298 Resultados do UFC Las Vegas 86 Resultados do UFC 297 Resultados do UFC Las Vegas 84 Veja como foram as comemorações de Ano Novo dos lutadores de MMA