Johnny Walker minimiza polêmica da primeira luta e absolve médico de culpa

O meio-pesado brasileiro não quis estender a polêmica iniciada em outubro de 2023 e valorizou o trabalho da equipe médica ao dizer que eles tomaram a decisão correta ao interromper o confronto

Ankalaev Johnny Walker UFC 294 Twitter UFC

Luta entre Ankalaev e Johnny Walker terminou sem resultado no UFC 294 Foto: Twitter/UFC

Após o frustrante resultado do primeiro confronto, Johny Walker preferiu encerrar a polêmica e se concentrar na revanche deste sábado (13). Em entrevista antes do UFC Las Vegas 84, o meio-pesado (até 93kg) brasileiro disse que o médico agiu corretamente ao interromper o embate com Magomed Ankalaev e revelou que sentiu dores ao chegar no hotel em Abu Dhabi (EAU).

Veja Também

Johnny Walker se defende de investida de Magomed Ankalaev no UFC 294. Foto: Reproduçã/Instagram
Islam Makhachev supera Alexander Volkanovski no UFC 294. Foto: Reprodução/Twitter/@UFC

“A gente é lutador, somos duros, tomamos porrada na cara, quebra braço e vai para cima e não quer saber, é imparável. A gente não vai tomar uma decisão inteligente naquele momento, por isso que o árbitro e o doutor tem que vir e tomar a decisão pela gente. A gente nunca vai desistir. Mas tenho certeza que foi uma decisão inteligente que o doutor tomou por mim, porque eu não iria tomar aquela decisão, iria continuar lutando. Mas na verdade, eu tomei uma joelhada ilegal no rosto, no queixo, limpa. Absorvi toda aquela porrada no meu queixo. Na hora não senti nada por causa da adrenalina, mas na semana seguinte, quando a adrenalina baixou e cheguei no hotel, meu pescoço estava todo travado. Minha clavícula inchada. Se continuasse a luta, eu iria continuar na desvantagem, já tinha absorvido dano. Agora, analisando tudo, tenho certeza que foi uma decisão inteligente que o médico tomou por mim. Então não estou bolado com o doutor nem nada”, disse Walker.

PUBLICIDADE:

Após o fim polêmico, os dois atletas pediram uma revanche imediata, para resolverem de vez a rivalidade. O UFC atendeu o pedido e marcou o segundo confronto entre eles para o UFC Las Vegas 84, que acontece neste sábado (13/01). A expectativa é de que o vencedor se aproxime de uma disputa de cinturão na categoria liderada por Alex Poatan.

Risco para Charles do Bronx no UFC?

Leia Mais sobre: , ,


Resultados do Fight Music Show 4 Resultados do PFL x Bellator Resultados do UFC 298 Resultados do UFC Las Vegas 86 Resultados do UFC 297