Velasquez se machuca e está fora do UFC 180; Werdum enfrenta Hunt pelo título interino

Campeão, que lesionou o joelho direito, lamenta fato de ficar de fora do primeiro evento do UFC no México

C. Velasquez (foto) está fora do UFC 180. Foto: Josh Hedges/UFC

C. Velasquez (foto) está fora do UFC 180. Foto: Josh Hedges/UFC

A estreia do UFC no México perdeu seu principal protagonista. Cain Velasquez, que defenderia o cinturão dos pesados contra Fabrício Werdum no UFC 180, na Cidade do México, lesionou seu joelho nos treinamentos e está fora do combate. Com isso, Werdum enfrentará Mark Hunt pelo título interino da categoria até 120 kg. O evento será no dia 15 de novembro.

Velasquez faria sua primeira defesa de cinturão desde outubro do ano passado, já que, de lá para cá, sofreu uma lesão no ombro e precisou passar por cirurgia. Filho de pai mexicano, o lutador lamentou o fato de ficar de fora do primeiro evento do UFC a ser realizado no México.

“Estou inacreditavelmente decepcionado que isso tenha acontecido. Dizer que eu estava ansioso para lutar no México pela primeira vez seria pouco. Eu queria muito lutar neste evento, mas parece que não era para acontecer. Vou tratar do meu joelho direito e voltar aos treinos assim que eu puder. Peço desculpas aos fãs do México que estavam esperando por essa luta, e espero que eu possa ir lá e ainda assim fazer parte deste histórico evento”, comentou Velasquez. Com o recente acontecimento, o UFC garantiu que devolverá o dinheiro ao torcedor que comprou o ingresso e não quiser mais comparecer ao evento.

Werdum (esq.) e Hunt (dir.) lutam pelo título interino. Foto: Produção MMA Press (Divulgação/UFC)

Werdum (esq.) e Hunt (dir.) lutam pelo título interino. Foto: Produção MMA Press (Divulgação/UFC)

Já Hunt comemorou o fato de poder lutar novamente por um cinturão, mesmo que a oportunidade tenha aparecido relativamente em cima da hora. “Me sinto abençoado por ter a oportunidade de lutar por outro título mundial. Primeiro o K-1, agora o UFC. Como eu poderia dizer não, mesmo que tenha sido em cima da hora? Estou largando tudo e viajando para o México amanhã para que eu possa me preparar da melhor maneira possível para essa luta. Quero ficar em forma e me acostumar com o ambiente, o que é muito importante”, disse o neozelandês.

Hunt, de 40 anos de idade, tem 10 vitórias, oito derrotas e um empate em sua carreira no MMA profissional. Em seu último combate, o neozelandês nocauteou Roy Nelson no segundo round, no Japão. Werdum, por sua vez, vem de quatro vitórias seguidas desde que retornou ao UFC, em 2012, batendo o mesmo Roy Nelson, Mike Russow, Rodrigo Minotauro e Travis Browne. Seu cartel no MMA é de 18-5-1.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments