Com técnico de Charles do Bronx no córner, Ian Garry vence no UFC 298 e assume lugar no top 10

Promessa dos meio-médios supera Geoff Neal em confronto equilibrado e mantém invencibilidade no MMA

Ian Garry em vitória no UFC 298. Foto: Reprodução/Twitter @UFCNews

Promessa dos meio-médios (até 77,1kg.) do Ultimate, Ian Garry segue invicto no MMA profissional. Inserido no card principal do UFC 298, realizado neste sábado (10), em Anaheim (EUA), o irlandês teve confronto equilibrado contra Geoff Neal, mas passou pelo novo teste. Ao fim de três rounds disputados, o pupilo de Conor McGregor foi declarado vencedor na decisão dividida.

O triunfo não só amplia a invencibilidade na carreira de Garry, mas mantém a ascensão do atleta em sua categoria. Com o resultado, o lutador, que teve Diego Lima, técnico de Charles do Bronx, em seu córner, assumirá posição de destaque no top 10 da divisão liderada por Leon Edwards.

PUBLICIDADE:

Veja Também

whittaker-borrachinha
topuria-volkanovski nocautes

Superado no show, Neal teve novamente adiado o sonho de disputar o título. O atleta, agora, acumula dois tropeços seguidos.

Passo importante na carreira

A luta começou com Neal tomando a iniciativa com um chute baixo. Na sequência o irlandês descontou a ação, com um chute alto, que explodiu na guarda do norte-americano. Na metade da etapa, Geoff encurtou a distância e passou a pressionar a promessa contra as grades. No minuto final, Ian conseguiu se desvencilhar e o confronto voltou a ser disputado no centro do octógono. A etapa acabou com os atletas trocando ataques pontuais.

PUBLICIDADE:

No segundo round, Neal foi o primeiro a atacar, com um jab no troco, seguido de um chute baixo. Na sequência, Geoff voltou a encurtar a distância e pressionar o irlandês contra as grades. Parte do publicou passou a vaiar a estratégia traçada por Neal, que, apesar da vantagem, não apostava na contundência. Garry voltou a se afastar e tentava se encontrar no confronto. No minuto final, o desafio era equilibrado, com ambos trocando ataques no centro do octógono. Perto de acabar a etapa, o confronto voltou a ser disputado na grade, com direito a mais vaias, mas não havia mais tempo.

O último assalto começou com Neal cercando o irlandês próximo às grades. O norte-americano, seguindo o roteiro dos rounds anteriores, encurtou e voltou a pressionar o adversário. Ian conseguiu se desvencilhar e passou a atacar na longa distância. Na metade da etapa, Geoff obrigou Ian a caminhar para trás após um direto limpo no rosto. Na sequência, Garry surpreendeu o rival com uma joelhada limpa no queixo. O norte-americano, no entanto, não acusou o ataque. A luta acabou com os lutadores se encarando no centro do octógono.

PUBLICIDADE:

Resultados do UFC 298

CARD PRINCIPAL

Peso pena (até 65,7 kg): Ilia Topuria derrotou Alexander Volkanovski por nocaute a 3m32s do R2- luta pelo cinturão

Peso médio (até 83,9 kg): Robert Whittaker derrotou Paulo Borrachinha na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 30-27)

PUBLICIDADE:

Peso meio-médio (até 77,1 kg): Ian Garry derrotou Geoff Neal na decisão dividida dos juízes (30-27, 28-29, 30-27)

Peso galo (até 61,2 kg): Merab Dvalishvili derrotou Henry Cejudo na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso médio (até 83,9 kg): Anthony Hernandez finalizou Roman Kopylov com um mata-leão a 3m23s do R2

CARD PRELIMINAR 

Peso palha (até 52,1 kg): Amanda Lemos derrotou Mackenzie Dern na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso pesado (até 120,2 kg): Marcos Pezão derrotou Junior Tafa por nocaute técnico a 1m14s do R2

Peso galo (até 61,2 kg): Rinya Nakamura derrotou Carlos Vera na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso meio-pesado (até 93 kg): Mingyang Zhang derrotou Brendson Ribeiro por nocaute técnico a 1m41s do R1

Peso meio-médio (até 77,1 kg): Danny Barlow derrotou Josh Quinlan por nocaute técnico a 1m18s do R3

Peos meio-médio (até 77,1 kg): Oban Elliot derrotou Valentine Woodburn na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso mosca (até 56,7 kg): Miranda Maverick derrotou Andrea Lee na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Estatísticas do UFC 298

FOGO NO PARQUINHO! Lenda do UFC critica Poatan e questiona status de campeão: ‘Difícil apoiar’

Leia Mais sobre: , , , , ,


Resultados do UFC 300 Resultados do UFC Las Vegas 90 Resultados do UFC Atlantic City Resultados do UFC Las Vegas 89 Resultados do UFC Las Vegas 88