Frankie Edgar domina Swanson e desafia José Aldo pelo cinturão: ‘Se não vier até mim, eu vou até ele’

Soberano na luta, ex-campeão dos leves deu aula de MMA e dominou o até então número 2 do ranking

Frankie Edgar x Cub SwasonO norte-americano Frankie Edgar mostrou porque merece uma nova chance de desafiar o brasileiro José Aldo pelo cinturão dos pesos penas (até 66 kg.). O ex-campeão dos leves (até 70 kg.) dominou o duro Cub Swanson durante cinco rounds e no final do combate finalizou com um mata-leão. De quebra, ele não perdeu a oportunidade e garantiu que quer a revanche contra José Aldo, que já o venceu em um duelo apertado em fevereiro de 2013.

O combate entre Edgar e Swason foi a atração principal do UFC Fight Night 57, evento realizado na madrugada deste domingo (23), em Austin, no Texas. Na segunda luta mais importante da noite, o brasileiro Edson Barboza também brilhou. O único representante do país no show superou as provocações do norte-americano Bobby Green pare vencer na decisão unânime dos juízes e, enfim, entrar no top-10 do ranking de pesos leves (saiba como foi).

Veja Também

Edson Barboza supera provocação e vence americano no UFC Fight Night 57
Barboza brinca com provocações de Green: ‘Ele falou muito a luta toda. Eu só falei no fim’
Combate entre musas fatura prêmio de ‘luta da noite’; Edgar leva bônus por performance

Edgar e o passeio sobre Swason

A luta principal do UFC Fight Night 57 colocou Frankie Edgar, número três no ranking dos desafiantes do peso pena, e Cub Swason, segundo na lista. Mas, apesar da expectativa por um combate equilibrado, o que se viu foi um amplo domínio do ex-campeão dos leves.

VÍDEOAssista aos melhores momentos da luta de Edson Barboza

O primeiro round começou equilibrado com Edgar usando sua velocidade para entrar no raio de ação e Swason respondendo sempre as investidas e soltando golpes potentes, que na maioria das vezes passavam no vazio. Mas o equilíbrio durou apenas nos cinco minutos iniciais.

A partir do segundo assalto, Edgar continuou usando sua velocidade, mas atacando as penas de Cub e levando a disputa para solo. Soberano no chão, o norte-americano evoluiu nas posições e encaixava vários golpes por cima.

A história se repetia nas parciais seguintes: Frankie derrubando e Cub lutando para se manter vivo no combate. Depois de quase encerrar o duelo por nocaute técnico no quarto assalto, Edgar chegou ao triunfo no quinto.

Já desgastado pela quantidade de golpes recebidos, Cub Swason foi dominado no último round. Depois de levar, novamente a disputa para solo, Frankie partiu para tentar a finalização. Ele tentou com uma guilhotina e depois com katagatame, golpes bem defendidos por um raçudo rival.  Mas depois de golpear o rival, Edgar abriu espaço, chegou as costas e encaixou o mata-leão faltando quatro segundos para o fim.

Ao final da luta, Frankie Edgar não perdeu a oportunidade de desafiar o brasileiro José Aldo, dono do cinturão dos penas. “Se Aldo não vier, eu vou atrás dele. Esse é só o começo. Cub é um cara muito duro, mas eu quero terminar as lutas da forma que for. Estou trabalhando muito para isso”, disse Edgar ainda no octógono.

Confira abaixo os resultados completos do UFC Fight Night 57:

Card Principal
Frankie Edgar finalizou Cub Swanson com um mata-leão no R5;
Edson Barboza derrotou Bobby Green na decisão dividida dos juízes;
Chico Camus derrotou Brad Pickett na decisão dividida dos juízes;
Oleksiy Oliynyk derrotou Jared Rosholt por nocaute no R1;
Joseph Benavidez derrotou Dustin Ortiz na decisão unânime dos juízes;
Matt Wiman derrotou Isaac Vallie-Flagg na decisão unânime dos juízes;

Card Preliminar
Ruslan Magomedov derrotou Josh Copeland na decisão unânime dos juízes;
Roger Narvaez derrotou Luke Barnatt na decisão dividida dos juízes;
James Vick derrotou Nick Hein na decisão unânime dos juízes;
Akbahr Arreola finalizou Yves Edwards com um arm-lock no R1;
Paige VanZant derrotou Kailin Curran por nocaute técnico no R3;
Dooho Choi derrotou Juan Manuel Puig por nocaute técnico no R1;

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário