Barão projeta revanche com Dillashaw no Brasil: ‘Ele ia ficar todo cag***’

Ex-campeão sonha em devolver derrota ao campeão, mas acredita que Dominick Cruz tomará o cinturão do rival

Barão (foto) derrotou Faber logo no primeiro round no UFC 169. Foto: Josh Hedges/UFC

Barão (foto) espera poder devolver derrota a Dillashaw. Foto: Josh Hedges/UFC

O ano foi bastante agitado na divisão dos galos do UFC. Renan Barão, que iniciou 2014 com o cinturão, foi desbancado por TJ Dillashaw de maneira impressionante e perdeu o título. Na revanche entre os dois, que seria realizada em agosto, o brasileiro teve problemas com o corte de peso em cima da hora e foi retirado do combate. Isso fez com que o norte-americano enchesse seu rival de provocações, alegando que Barão está com medo de enfrentá-lo novamente.

Veja Também

Urijah Faber acredita que TJ Dillashaw tem ‘ótimo estilo’ para vencer José Aldo
Dillashaw expressa desejo em enfrentar Aldo: ‘Quero demais essa luta’
Presença de Lyoto e Barão é destaque na chamada do UFC Barueri. Assista!

Barão, então, resolveu responder à altura. O ex-campeão prometeu que uma revanche entre ele e Dillashaw seria totalmente diferente, mas apostou que o atual dono do cinturão não passará de sua próxima defesa, que deverá ser contra Dominick Cruz. “O Dillashaw está falando besteira demais. Quando a gente se enfrentar de novo vai ser uma história totalmente diferente. Ele acertou uma pancada no começo da luta, mas a próxima vai ser completamente diferente. Pode anotar que, quando a gente se enfrentar, ele vai ver outro Renan Barão. Mas acho que ele não vence o Dominick Cruz. O Cruz tem mais jogo que ele, é mais experimentado e acho que leva essa. Eu até prefiro que o Dillashaw ganhe, porque seria uma parada mais apimentada, a galera falaria mais e seria briga boa. Mas não gosto muito de ficar soltando piadinha fora não. Gosto de mostrar meu trabalho lá dentro. Vou mostrar lá dentro o melhor Renan Barão que já existiu”, disse o brasileiro, em entrevista coletiva reproduzida pelo site do canal “Combate”.

Barão não só tem o desejo de enfrentar Dillashaw novamente, mas gostaria que o combate acontecesse no Brasil. “Seria ótimo se a gente se enfrentasse no Brasil. Acho que ele ia ficar todo cag***. Lutar em casa é fácil, quero ver aqui, é totalmente diferente. Estou focado e espero enfrentar ele e trazer o cinturão de volta. É bom ele aproveitar o cinturão porque em breve vou trazer de volta para o Brasil”, prometeu.

Antes de pensar em Dillashaw, Barão tem um outro compromisso dentro do UFC. No dia 20 de dezembro, em Barueri (SP), o ex-campeão enfrenta Mitch Gagnon.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments