AO VIVO

Siga o UFC Vegas com José Aldo na luta principal. AO VIVO!

Estrela do evento, Ronda Rousey não recebeu o maior salário do UFC 184

Campeã faturou R$ 370 mil, o segundo maior pagamento da noite, cerca de R$ 16 mil a menos que o líder Jake Ellenberger, que não vencia há dois anos

Ronda foi quem mais brilhou, mas não quem mais faturou no UFC 184. Foto: Josh Hedges/UFC

Ronda foi quem mais brilhou, mas não quem mais faturou no UFC 184. Foto: Josh Hedges/UFC

Veja Também

Ronda Rousey foi, sem sombra de dúvidas, a grande estrela do UFC 184. Considerada por muitos o maior nome do Ultimate, e até do MMA, na atualidade, a loira encabeçou o card e simplesmente atropelou a desfiante Cat Zingano em apenas 14 segundos na luta principal da noite, conquistando sua quinta defesa de cinturão. Porém, os feitos de Ronda parecem ainda não fazerem efeito em seu contracheque, já que ela acabou ficando em segundo lugar na lista de salários do evento.

PUBLICIDADE:

Ao todo, Ronda levou pra casa US$ 130 mil (aproximadamente R$ 370 mil, pela cotação atual). O valor fica abaixo dos US$ 136 mil (R$ 386 mil) recebidos por Jake Ellenbeger, que finalizou Josh Koscheck na antepenúltima luta da noite. A desigualdade é ainda mais gritante se levarmos em conta que Ellenberger é atualmente o décimo primeiro na categoria peso meio-médio e não vencia há dois anos.

Para se ter uma ideia da disparidade dos valores, Anderson Silva, Jon Jones, Robbie Lawler e Anthony Pettis, estrelas dos três últimos eventos em pay-per-view do Ultimate levaram para casa, respectivamente, US$ 800 mil (R$ 2,2 milhões), US$ 500 (R$ 1,41 milhão), US$ 220 mil (R$ 624 mil) e US$ 200 mil (R$ 567 mil).

PUBLICIDADE:

Vale lembrar que o valor listado pelas Comissões Atléticas são aqueles declarados pela organização como pagos aos atletas por suas bolsas e não incluem os bônus (por performance ou luta da noite), direitos de imagem, participação nas vendas de pay-per-view, patrocínios pessoais, entre outras fontes de renda.

Confira abaixo a lista de salários do UFC 184:

Ronda Rousey:  US$ 130 mil (R$ 370 mil);
Cat Zingano: US$ 100 mil (R$ 283 mil);

PUBLICIDADE:

Holly Holm: US$ 50 mil (R$ 141 mil);
Raquel Pennington: US$10 mil (R$ 28,3 mil);

PUBLICIDADE:

Jake Ellenberger: US$136 mil (R$ 386 mil);
Josh Koscheck: US$78 mil (R$ 193 mil);

Alan Jouban: US$ 20 mil (R$ 56,6 mil);
Richard Walsh: U$ 8mil (R$ 22,7 mil);

Tony Ferguson: US$ 48 mil (R$ 136 mil);
Gleison Tibau: US$ 50 mil (R$ 141 mil);

Roan Jucão: US$ 24 mil (R$ 68 mil);
Mark Munoz: US$ 47 mil (R$ 133 mil);

Roman Salazar: US$ 8 mil (R$ 22,7 mil);
Norifumi Yamamoto: US$ 15 mil ( R$ 42,5 mil);

Tim Means: US$ 34 mil (R$ 96,5 mil);
Dhiego Lima: US$10 mil (R$ 28,3 mil);

Derrick Lewis: US$ 30 mil (R$ 85,2 mil);
Ruan Potts: US$ 10 mil (R$ 28,3 mil);

Valmir Bidu: US$16 mil (R$ 45,4 mil);
James Krause: US$ 15mil (R$ 42,5 mil);

Masio Fullen: US$16 mil (R$ 45,4 mil);
Alexander Torres: U$ 8mil (R$ 22,7 mil);

[vox id=”29664″]

Podcast #40: José Aldo ainda pode ser campeão no UFC?

Comentários

Deixe um comentário