Pettis diz que nocaute sofrido por irmão pode ter atrapalhado seu rendimento no UFC 185 | SUPER LUTAS

Pettis diz que nocaute sofrido por irmão pode ter atrapalhado seu rendimento no UFC 185

Pouco antes de perder cinturão dos leves, norte-americano viu irmão caçula ser nocauteado no card preliminar da atração

A. Pettis x R. dos Anjos na luta principal do UFC 185. Foto: Josh Hedges/UFC

A. Pettis x R. dos Anjos na luta principal do UFC 185. Foto: Josh Hedges/UFC

Anthony Pettis ainda está tentando descobrir por que foi amplamente dominado por Rafael dos Anjos em luta que lhe custou o cinturão dos leves do UFC, em meados deste mês, em Dallas (EUA). Na luta principal do UFC 185, Pettis, favorito para a luta, acabou sendo superado pelo brasileiro durante os cinco rounds de disputa.

Veja Também

Mesmo ainda em busca de respostas, Pettis já sabe o que irá mudar para seu próximo combate. O agora ex-campeão afirmou que não voltará mais a atuar no mesmo evento que seu irmão mais novo, Sergio Pettis, o que aconteceu em seus dois últimos combates.

A primeira experiência, em dezembro do ano passado, foi bem sucedida para a família. Sergio derrotou Matt Hobar pouco antes de Anthony finalizar Gilbert Melendez e manter o cinturão. Porém, no UFC 185, a noite foi para esquecer: o caçula foi nocauteado por Ryan Benoit e Anthony foi dominado por Dos Anjos.

Justamente por isso, o irmão mais velho quer evitar lutar no mesmo evento de Sergio no futuro. “A maior mudança que eu vou fazer diz respeito ao fato de meu irmão e eu lutarmos no mesmo evento. A primeira vez foi incrível, mas a segunda não foi tão boa assim. Ele foi nocauteado e eu tive que assistir àquilo e depois me recuperar mentalmente para a minha luta. Não estou dando desculpas, mas essas coisas pequenas podem ter atrapalhado minha performance. Da próxima vez, quando eu tiver uma grande luta, vou me concentrar somente em mim mesmo”, explicou, em entrevista ao podcast “The MMA Hour”.

Porém, Pettis ainda busca outras explicações para sua performance naquela noite. “Eu estou chateado comigo mesmo. Fiquei abatido por ter perdido o cinturão, mas aquele não foi o melhor Anthony Pettis. Não é que ele foi lá e me demoliu em minha melhor forma. Então, eu preciso descobrir por que eu fui tão mal. Não foi a minha noite”, disse.

O ex-campeão, no entanto, fez questão de elogiar o poderoso golpe de esquerda dado por Dos Anjos em seu rosto, o que lhe causou uma fratura ainda no primeiro round. “Ele me acertou com aquela esquerda. Foi o primeiro soco que ele me acertou, e eu não conseguia enxergar direito. Minha visão ficou triplicada. Foi um ótimo soco, me acertou direto no olho”, detalhou.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments