Nick Diaz contrata advogados para avaliar ‘irregularidades’ em exame antidoping positivo

Firma sediada em Nova York irá representar lutador norte-americano em julgamento da Comissão de Nevada, em abril

Diaz (foto) caiu em exame antidoping do UFC 183. Foto: Divulgação

Diaz (foto) caiu em exame antidoping do UFC 183. Foto: Divulgação

Nick Diaz está se preparando para se defender em mais um caso de doping de sua carreira no julgamento que passará diante da Comissão Atlética de Nevada. O norte-americano, que foi flagrado com maconha no dia de sua luta contra Anderson Silva, no UFC 183, contratou os serviços de um escritório de advocacia para avaliar possíveis irregularidades com o exame realizado.

Veja Também

Lombard leva suspensão de um por doping e ascende luz amarela para Anderson Silva
Johnson acredita em inocência de Anderson e diz que culpa pode ser de equipe do brasileiro
UFC desmente informação sobre suspensão de 18 meses a Anderson Silva: ‘Apenas um rumor’

De acordo com informações do programa “UFC Tonight”, da emissora norte-americana “FOX Sports”, a empresa escolhida foi a Seham, Seham Meltz & Petersen LLP, sediada em Nova York e que atua em diversos setores sociais. Os advogados da firma estarão presentes nas próximas audiências da Comissão de Nevada.

Esta foi a terceira vez que Diaz é flagrado com maconha em exames antidoping em sua carreira. Seu adversário no UFC 183, Anderson Silva, também caiu no teste, com anabolizantes e ansiolíticos. Espera-se que a Comissão de Nevada avalie os casos no início do próximo mês, possivelmente no dia 9 de abril.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments