Jorge Blade é flagrado no antidoping pelo uso de anabolizantes no UFC Rio 6

Comissão Atlética Brasileira de MMA havia dito que todos os atletas do evento haviam sido aprovados no antidoping, mas corrigiu informação em nota oficial

Exame de Blade (foto) teria chegado à CABMMA um dia depois dos demais. Foto: Josh Hedges/UFC

Exame de Blade (foto) teria chegado à CABMMA um dia depois dos demais. Foto: Josh Hedges/UFC

Três meses após o caso de doping de Anderson Silva vir a público, outro lutador brasileiro do Ultimate foi flagrado em um exame pelo uso de esteroides anabolizantes. O nome da vez foi o do peso leve Jorge Blade, que apresentou traços da substância Estanozolol em seu organismo nos testes realizados após o UFC Fight Night Rio, no último dia 23 de março.

Veja Também

Adversário de Lyoto detona Anderson Silva por doping: ‘Trapaceiro’
Nate Diaz sobe de categoria e enfrentará Matt Brown no UFC 189
Minotauro enfrenta gigante holandês de 2,13m no UFC 190
Dana White: Ronda é a maior atleta com quem já trabalhei

A informação foi divulgada pela Comissão Atlética Brasileira de MMA, por meio de nota oficial na qual retificou seu último comunicado, que dizia que todos os atletas haviam sido aprovados nos testes antidoping. “Um erro de comunicação foi identificado pelo Comitê Executivo na publicação dos resultados dos exames antidoping realizados no dia 21 de março de 2015, por conta de uma má-interpretação do relatório parcial enviado pelo ‘UCLA Olympic Analytical Lab’ (credenciado pela WADA), onde os testes foram analisados e tiveram seus resultados confirmados. Por conta disso, a CABMMA vem por mesio deste comunicado informar que o atleta Jorge Antônio Cezário de Oliveira (Jorge Blade) testou positivo para o esteroide anabolizante Estanozolol”, diz um trecho da nota.

Segundo o órgão regulador, os exames de Blade e dos demais atletas chegaram em dias diferentes, o que motivou o erro na primeira informação. “Este último código de amostra e o seu resultado foram enviados um dia após o relatório inicial, e por isso não foi mencionado no pronunciamento inicial da Comissão. Os demais 23 atletas do card tiveram resultados negativos”, justificou.

Blade, que foi derrotado por Christos Giagos no card preliminar do evento realizado no Ginásio do Maracanãzinho, também foi suspenso por um ano devido ao resultado positivo no antidoping e está impedido de atuar até o fim de março de 2016. “Jorge Antônio Cezário de Oliveira será suspenso pelo período de um ano a contar do dia 21 de março de 2015. O atleta, seu treinador e seu empresário já foram informados do resultado final do exame”, declarou a CABMMA.

Jorge Blade, de 35 anos, possui um cartel profissional de sete vitórias e duas derrotas, ambas em suas únicas lutas pelo UFC.

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments