Aliviado com liberação para lutar, Rampage enaltece Maldonado: ‘No papel, é um ótimo oponente’

Norte-americano, ex-campeão da categoria, acredita que luta com brasileiro irá agradar aos fãs que assistirem ao UFC 186

Rampage (foto) voltou a se envolver em uma polêmica, desta vez com D. Cormier. Foto: Josh Hedges/UFC

Rampage (foto) fará luta com Maldonado no UFC 186. Foto: Josh Hedges/UFC

Após um longo tempo em disputa judicial com o Bellator, Quinton Rampage Jackson finalmente foi confirmado para lutar no UFC 186, no próximo sábado (25). O norte-americano, ex-campeão da categoria, retornará ao Ultimate em combate contra o brasileiro Fábio Maldonado. Entretanto, a jornada até então não foi fácil para Rampage, que mostrou alívio ao comentar a conclusão do processo.

Veja Também

Justiça derruba liminar favorável ao Bellator e Rampage está de volta ao card do UFC 186
Inspirado em Rocky Balboa, Maldonado torce por luta ‘sangrenta’ contra Rampage

“Parecia que eu não iria conseguir estar aqui. Foi muito estressante, mas eu continuei treinando. Eu nunca lutei em frente aos fãs canadenses e eles mostraram que queriam que essa luta acontecesse. Acompanhei pelas redes sociais que meus fãs compraram ingressos, e eu queria fazer com essa luta acontecesse”, comentou Rampage, em entrevista coletiva reproduzida pelo site norte-americano “MMA Fighting”.

Normalmente crítico com os oponentes que “travam” a luta, Rampage afirmou que o combate com Maldonado tem tudo para agradar aos fãs. “No papel ele é um ótimo oponente. Eu não estou a procura de caras que ficam de pé e trocam comigo – este seria o mundo ideal, mas meu problema é com os covardes, que querem derrubar e ficar amarrando por cima. Eu sou um wrestler e não tenho problemas com caras que querem me derrubar. Veja Jon Jones: ele me derrubou, fez um ótimo trabalho no ground and pound e finalizou. Mas Rashad Evans me derrubou e ficou amarrando. Isso irrita e desagrada aos fãs. Maldonado é um cara da trocação e no papel é um tipo de luta que eu adoro. Mas eu ouvi falar que ele está treinando bastante wrestling, então vamos ver o que acontece”, alertou.

Aos 36 anos de idade, Rampage vem de três vitórias consecutivas fora do UFC, quando bateu Joey Beltran, Christian M’Pumbu e King Mo no Bellator. Antes, ainda no Ultimate, ele havia sofrido três derrotas em sequência, para Jon Jones, Ryan Bader e Glover Teixeira.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments