Mayweather volta atrás, nega revanche com Pacquiao e se diz decepcionado com rival | SUPER LUTAS

Mayweather volta atrás, nega revanche com Pacquiao e se diz decepcionado com rival

Pugilista mais bem pago do mundo considera ‘ridícula’ postura de filipino ao revelar lesão após o combate entre os dois

Mayweather tem cartel invicto no boxe profissional. Foto: Divulgação

Mayweather tem cartel invicto no boxe profissional. Foto: Divulgação

Veja Também

Vencedor da “Luta do Século” diante de Manny Pacquiao, no dia 2 de maio, Floyd Mayweather chegou a afirmar que daria revanche ao rival quando este estivesse preparado para lutar novamente. No entanto, o atleta mais bem pago do mundo voltou atrás e disse que não pretende voltar a fazer negócios com o filipino, com quem se declarou decepcionado.

Mayweather não gostou da atitude de Pacquiao em revelar que subiu no ringue com uma lesão no ombro. Para o norte-americano, a declaração foi uma tentativa de Pacquiao em dar uma desculpa a seus fãs pela derrota. “Se eu disse que iria enfrentá-lo novamente? Sim, mas eu mudei de ideia. Neste exato momento, eu não o enfrentaria novamente, porque ele é um mau perdedor, um covarde. Foi uma atitude de covarde. Sou um cara profissional e não quero mais fazer negócios com ele”, disparou Mayweather, em entrevista à “Showtime”.

“Ele está com vergonha. Há uma diferença entre um ótimo lutador e o melhor de todos, e eu provei que eu sou o melhor. Desculpas, desculpas, desculpas. Eu sabia que isso iria acontecer. Eu não vou cair nessa e não quero que o público caia nessa. Ele perdeu, sabe que perdeu, e eu perdi muito respeito por ele após tudo isso. Se você perde, tudo bem. É só dizer: ‘Ele foi melhor que eu’. Um campeão de verdade consegue dar a volta por cima. Isso é ridículo. Eu ganhei, sei que ganhei e sei que sou o melhor. Se nós lutarmos 100 vezes, eu vencerei as 100 vezes. Ele nunca vai estar no meu nível, simples assim”, continuou o norte-americano.

Com a vitória sobre Pacquiao, Mayweather ampliou seu cartel profissional no boxe para 48 vitórias em 48 lutas. Além disso, o norte-americano recebeu um pagamento multimilionário, levando US$ 200 milhões para casa somente por subir no ringue.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments