Miocic minimiza interrupção tardia de luta com Hunt: ‘Esperei que me parassem’

Diretor de operações do UFC na Austrália reconhece que combate principal do UFC FN 65 poderia ter sido encerrado antes

Miocic (foto) nocauteou Maldonado em SP. Foto: Lucas Carrano/SUPER LUTAS

Miocic (foto) nocauteou Hunt na Austrália. Foto: Lucas Carrano/SUPER LUTAS

Veja Também

UFC FN 65: Stipe Miocic massacra Mark Hunt e fica próximo do cinturão dos pesados
Vídeo: Assista aos melhores momentos de Stipe Miocic x Mark Hunt
Miocic manda Hunt para o hospital e quebra recorde do UFC

O desenrolar da luta principal do UFC Fight Night 65, no último sábado (9), foi alvo de críticas por parte de muitos fãs de MMA mundo afora. Isso porque as ações demoraram a serem interrompidas em meio ao amplo domínio de Stipe Miocic sobre Mark Hunt, já que nem o árbitro do combate, nem o córner do neozelandês se prontificaram a encerrar a luta antes.

Miocic dominou a luta praticamente do começo ao fim, sendo que, do terceiro round em diante, suplantava Hunt com sobras. A luta só foi interrompida no quinto round, após um duro castigo sofrido pelo “Super Samoano”. Em entrevista após a luta, o norte-americano de ascendência croata reconheceu sua superioridade na luta, mas afirmou que se concentrou somente em fazer seu trabalho.

“Eu vi que estava vencendo e iria continuar atacando até que me parassem ou a luta acabasse. Eu não me importei. Claro que eu queria acabar com a luta, mas ele é um cara durão. É por isso que a luta durou o tanto que durou”, observou, em entrevista coletiva logo após o combate.

Diretor de operações do UFC na Austrália, Tom Wright admitiu que a luta demorou para ser interrompida. “Eles provavelmente poderiam ter parado mais cedo”, falou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments