Dana White diz que UFC trabalha para promover evento em Cuba

Segundo dirigente, projeto atual é para um card em Porto Rico, mas um evento cubano está nos planos para médio prazo

D. White (foto) não gostou das críticas de Wand. Foto: Reprodução

D. White (foto) abriu as portas para Cuba no circuito do Ultimate. Foto: Reprodução

Veja Também

José Aldo detona novo contrato entre UFC e Reebok: ‘É uma m****’
UFC anuncia ‘pacotão’ com dez demissões, incluindo amiga de Ronda Rousey
Família de Ronda leiloa carro onde campeã do UFC morou por R$ 40 mil

Recentemente, o presidente norte-americano Barack Obama retirou Cuba oficialmente da lista de terrorismo e retomou as relações entre os Estados Unidos e a ilha. Aparentemente, a investida do governo incentivou também o UFC e fez o presidente da organização Dana White revelar os planos de promover um evento em solo cubano pela primeira em sua história.

Em entrevista ao site “Palm Beach Coast”, o dirigente falou sobre as ações do evento na América Central e os planos de futuramente desembarcar nos países da região. “Aparentemente, pelo que eu ouvi, há muitas pessoas treinando MMA lá e muito interesse. Obviamente, também tem muitos cubanos na Flórida (onde será realizado o TUF Brasil 4 Final), Yoel Romero é cubano e está no card. Nós agora estamos trabalhando em um card em Porto Rico, mas vamos a qualquer lugar. Então, sim, nós estamos trabalhando eventualmente para ir a Cuba”, disse o dirigente.

Até hoje, o Ultimate só teve um card em sua história sediado na América Central, o UFC 8, realizado em 1996, justamente em Porto Rico. Na ocasião, o evento foi encabeçado pela superluta entre Kimo Leopoldo e Ken Shamrock, mas também contou com um torneio de oito atletas vencido pelo veterano Don Frye. Esta também foi uma edição marcante pois contou com forte resistência do poder público local e internacional, só sendo realizada devido a uma liminar judicial.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments