Rafael dos Anjos quer subir de divisão após defender cinturão: ‘Vou cansar de cortar peso’

Brasileiro, no entanto, disse que ainda quer se provar nos leves e mostrar que não é campeão "por sorte"

R. dos Anjos (foto) deve fazer sua primeira defesa de cinturão no fim do ano. Foto: Josh Hedges/UFC

R. dos Anjos (foto) deve fazer sua primeira defesa de cinturão no fim do ano. Foto: Josh Hedges/UFC

Rafael dos Anjos mal conquistou o cinturão dos leves, com o triunfo sobre Anthony Pettis em março deste ano, mas já pensa no futuro longe da categoria até 70 kg. Em entrevista, o brasileiro disse que pretende defender seu título algumas vezes e em seguida subir para a divisão de meio-médio, onde não precisaria cortar tanto peso para atuar.

Veja Também

Ex-campeão admite uso de anabolizantes no UFC e PRIDE
Dana White diz que UFC trabalha para promover evento em Cuba
UFC anuncia ‘pacotão’ com dez demissões, incluindo amiga de Ronda Rousey
Família de Ronda leiloa carro onde campeã do UFC morou por R$ 40 mil

“Eu acabei de conquistar meu cinturão do peso-leve. Estou ansioso para defendê-lo algumas vezes, e talvez depois eu faça algumas lutas na divisão dos meio-médios”, disse Rafael, em entrevista ao podcast “The MMA Road Show”. “Acho que quando eu envelhecer, vou cansar de cortar peso. Esse é meu objetivo. Vou defender meu título algumas vezes e talvez ir para os meio-médios fazer algumas superlutas, como o Ben Henderson. Quando você é mais velho, já sabe como lutar. Você entra lá e luta sem ter o estresse extra de cortar o peso. É meu objetivo para o futuro”, completou.

Antes de mudar de categoria, no entanto, Rafael acredita ainda ter o que provar nos leves, e seu primeiro passo é mostrar que é um campeão legítimo. “Eu quero provar que não sou campeão por sorte. Eu trabalho duro, e quero mostrar para todo mundo que eu sou um dos lutadores top 10 peso por peso do mundo. Não estou aqui para fazer apenas uma defesa de título, eu vim para ficar”, garantiu.

Após a conquista do título dos leves, Rafael dos Anjos segue afastado do octógono enquanto se recupera de uma cirurgia no joelho, que deve mantê-lo fora de ação até o último trimestre deste ano. Segundo o presidente do Ultimate Dana White, o primeiro desafiante de Rafael será o norte-americano Donaldo “Cowboy” Cerrone.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments